???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/597
Tipo do documento: Dissertação
Título: CENAS CURITIBANAS: CRÔNICAS DA CIDADE EM O OLHO DA RUA
Autor: BASILIO, PAULO CEZAR 
Primeiro orientador: TEIXEIRA, NÍNCIA CECÍLIA RIBAS BORGES
Resumo: A pesquisa tem por finalidade o estudo da crônica com vistas à análise de produções do início do século XX, publicadas no periódico curitibano Olho da Rua. Entre as várias seções dedicadas a crônicas, foram selecionados textos sob a rubrica “Crônica da Rua”. O foco principal voltou-se para a temática da urbanização de Curitiba, em especial, os projetos de melhorias das ruas do centro da cidade e as atrações culturais, tendo como novidade principal o cinema. Nesse sentido, busca-se verificar o papel do cronista enquanto observador de seu tempo, que fixa seu olhar para a realidade e dali retira o material para erigir sua contribuição por meio do registro do cotidiano. Para a concretização dessa proposta, segue-se um percurso teórico previamente definido, o qual serviu de orientação para o tratamento analítico do corpus. Diante disso, inicia-se com rápida incursão pelos Estudos Culturais, vislumbrando-se reconhecer as contribuições de seus postulados para o estudo da cultura e da literatura, com destaque para as publicações de massa, tal qual as crônicas veiculadas em jornais e revistas periféricas, que não se consagraram como grande projeto editorial. Na sequência, a crônica será abordada em seus fundamentos, a fim de se verificar seus conceitos, origens e definições, além de se reconhecer os aspectos elementares que a tornam um gênero específico tal qual se apresenta. Em outra frente, dedica-se o próximo item ao destaque da natureza ambígua do gênero em questão. Com isso, surgem de maneira natural os questionamentos em torno da clássica intersecção entre jornalismo e literatura, a partir da qual a crônica tem sido concebida desde suas origens nos impressos do século XIX, no Brasil. Após a consolidação desse referencial teórico, parte-se para a contextualização histórica, social e política das publicações que serão objeto de análise. Para tanto, é realizado um rápido inventário sobre a imprensa curitibana, desde a publicação do primeiro periódico, em 1854, logo após o advento da promulgação da lei que criou a Província e futuro Estado do Paraná, até início de 1907, com a veiculação do primeiro número do periódico Olho da Rua. Consolidada essa trajetória, por fim, passa-se ao trabalho com as crônicas, almejando-se destacar os registros que marcaram as ruas curitibanas, no tocante aos projetos de melhorias e de urbanização, ao lado das questões culturais e de suas novidades em termos de atrativos.
Abstract: The research’s scope is to study the chronic aimed at analyzing the productions dated of the beginning of last century, published by the city of Curitiba’s newsletter Olho da Rua. Among the various sections devoted to the chronic, texts were selected under the "Crônica da Rua" section. The main focus turned to the theme of urbanization of Curitiba, in particular the improvement projects of the city's downtown streets and cultural attractions, the main novelty the cinema. In this way, it is tried to verify the role of chronicler as an observer of his time fixing his look to the reality and takes away the material to erect their contribution through the daily record. In order to achieve this proposal it is followed a predefined theoretical route, which served as guidance for the analytical treatment of the corpus. Therefore, begins with fast incursion by Cultural Studies, foreseeing to recognizing the contributions of its principles to the study of culture and literature, especially the mass of publications, like the transmitted chronicles in newspapers and peripheral magazines, that is not consecrated as a major editorial project. As a result, the chronicle will be addressed in its foundations, in order to verify their concepts, origins and definitions, as well as recognizing the fundamental aspects that make it a specific genre as it appears. On another front, dedicated to the next item to highlight the ambiguous nature of the genre in question. Thus, arise naturally the questions around the classic intersection between journalism and literature, from which the chronicle has been designed from its origins in the nineteenth century printed in Brazil. After the consolidation of this theoretical framework, it is part of the historical context, social and political publications that will be analyzed. To this end, we conducted a quick inventory of the Curitiba press, since the publication of the first journal in 1854, shortly after the advent of the enactment of the law that created the province and future of Parana State, until early 1907, with the airing of the first issue of the journal Olho da Rua. Consolidated this trend ultimately goes to working with the chronicles, aiming to highlight the records that marked the streets of Curitiba, with regard to improvement projects and urbanization, next to the cultural issues and its innovations in terms of attractive.
Palavras-chave: Estudos Culturais
literatura e jornalismo
crônica
cultural studies
literature and journalism
chronic
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras (Mestrado)
Citação: BASILIO, PAULO CEZAR. CENAS CURITIBANAS: CRÔNICAS DA CIDADE EM O OLHO DA RUA. 2015. 106 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/597
Data de defesa: 16-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAULO CEZAR BASILIO.pdfPAULO CEZAR BASILIO2,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.