???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/581
Tipo do documento: Dissertação
Título: ADOÇÃO POR PESSOAS TRANS*: FAMÍLIAS (IM)PROVÁVEIS?
Título(s) alternativo(s): M.Adoption by transvestites and transsexuals: families (no)thinkable for judiciary
Autor: Costa, Luana Taina Mesquita 
Primeiro orientador: Magni, Cristiana
Resumo: Esta dissertação objetivou refletir sobre a visão do judiciário em relação à adoção por pessoas trans*. Primeiramente foram realizadas discussões teóricas sobre família, adoção, gênero, e a judicialização da vida. Como ambiente de pesquisa utilizou-se dois Fóruns da região centro sul do Paraná, vislumbrando captar olhares diferenciados em mais de uma comarca. O público alvo consistiu de dois promotores, dois técnicos judiciários e um juiz. O objetivo deste estudo foi analisar os discursos que concorrem para formar ou impedir a construção de um núcleo familiar por travestis e transexuais a partir da adoção, buscando identificar quem são os atores envolvidos no processo e investigar como estão fomentando suas decisões judiciais. O problema de estudo considerou as mobilizações referentes à luta pelos direitos e empoderamento de travestis e transexuais que está acontecendo em nosso país, tendo como questionamento principal, a percepção do judiciário sobre a adoção por travestis e transexuais em cidades da região centro sul do estado do Paraná. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa tendo como suporte as entrevistas semiestruturadas. Para o tratamento das informações coletadas, foi empregada a técnica de análise do discurso. Os relatos apresentados demonstraram a inexistência de leis que proíbam ou dificultem o acesso de travestis e transexuais à parentalidade adotiva, porém ocorre a existência de discursos que denunciam o quanto crenças pessoais interferem no âmbito profissional e, consequentemente, nas decisões judiciais. Nesse sentido, considera-se a importância de estudos e pesquisas na área, tendo em vista que toda mudança em favor da justiça e da igualdade começa quando entendemos melhor quem são as outras pessoas e o que elas vivem, superando mitos e medos.
Abstract: This dissertation objectified reflect on the judicial view the adoption for trans* people. First it started with theoretical discussions about family, adoption, gender, and the judicialization of life. As ambience to make this project was used two Forums southern Paraná central region, glimpsing capture different looks in more than one county. The target audience were two promoters, two judicial technicians and a judge, in order to analyze the speeches that contribute to form or prevent the construction of a family by transvestites and transsexuals through from adoption. To meet this goal, It sought to identify who are the actors involved in the process and investigate how they are promoting their judicial decisions. The problem of study considered the mobilizations concerning the struggle for the rights and empowerment of transvestites and transsexuals that are happening in our country, with the central question of this research, the perception of the judiciary on the adoption by transvestites and transsexuals in cities in the region south central of Paraná state. The methodology used was the qualitative research being supported the semi-structured interviews for the treatment of this information was used discourse analysis technique. The narratives presented demonstrated the lack of laws that prohibit or hinder the access of transvestites and transsexuals to foster parenting, but we realize that there are speeches denouncing how personal beliefs interfere in the professional and consequently in judicial decisions. In this sense we must consider the importance of studies and research in the area, with a view that all change for justice and equality begins when we understand better who are the other people, and they live, overcoming myths and fears.
Palavras-chave: Transexualidade
Judicialização da Vida
Família
Adoção
Transsexuality
Judicialization of Life
Family
Adoption
Área(s) do CNPq: OUTROS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Saúde de Irati
Programa: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário (Mestrado Interdisciplinar)
Citação: Costa, Luana Taina Mesquita. ADOÇÃO POR PESSOAS TRANS*: FAMÍLIAS (IM)PROVÁVEIS?. 2016. 105 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário - Mestrado Interdisciplinar) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Irati - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/581
Data de defesa: 26-Aug-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PR 060 Luana Taina.pdfLuana Taina Mesquita Costa725,88 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.