???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/496
Tipo do documento: Dissertação
Título: IMPACTOS DA URBANIZAÇÃO NA GEOMETRIA HIDRÁULICA DE CANAIS FLUVIAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CASCAVEL, GUARAPUAVA/PR
Autor: Oliveira, éderson Dias de 
Primeiro orientador: Vestena, Leandro Redin
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo identificar os impactos da urbanização em Guarapuava na morfologia de cursos fluviais na bacia hidrográfica do Rio Cascavel. As discussões foram centradas em cinco aspectos metodológicos principais sendo: mensuração dos aspectos geométricos das seções transversais abertas e fechadas; coleta e caracterização de sedimentos de leito; monitoramento do regime fluvial; identificação das classes de canalização e o mapeamento da expansão urbana de Guarapuava e das seções interceptadas por arruamento. A bacia do Rio Cascavel possui cerca de 40% da sua área ocupada pela urbanização de Guarapuava, sendo que vários canais de primeira ordem apresentam áreas de nascentes urbanizadas e/ou semi-urbanizadas. Esses canais fluem em subsuperfícies, revelando alteração não apenas pontuais das seções, mas também ao longo do perfil longitudinal. Os levantamentos revelaram que cerca de 30% dos trechos fluviais urbanos encontram-se canalizados, com alterações morfológicas que alteram a dinâmica dos fluxos. Várias seções fechadas sobrepostas por ruas apresentaram acúmulo de sedimentos (tecnogênicos e naturais), e de arbustos, favorecendo a diminuição da capacidade das seções, formando zonas de retenção de água nos eventos de chuva. A percentagem de sedimentos tecnogênicos das amostras de leito coletadas na área urbana apresentou pouca variação com uma mediana de 18,01%. Os levantamentos das propriedades geométricas dos canais urbanos evidenciaram desajustes morfológicos, com alargamento dos trechos urbanos cerca de três vezes maiores que os rurais. Os dados do monitoramento da vazão mostraram que a área urbana apresentou uma vazão específica 2,66 vezes a vazão da área rural, o que condiciona maior energia no fluxo e vazões máximas superiores potencializando alteração na geometria dos canais e a ocorrência de enchentes e inundações urbanas.
Abstract: The study aimed to identify the impacts of urbanization in the morphology of Guarapuava waterways in the Rattlesnake River basin. The discussions were focused on five main methodological aspects being:measurement of geometric aspects of open and closed cross sections, collection and characterization of sediment bed; monitoring of river system, identification of piping classes and mapping urban sprawland sections of Guarapuava intersected by streets. The Cascavel River watershed has about 40% of its area occupied by the urbanization of Guarapuava, of which multiple canals of first-order present headwater areas urbanized and/or semi-urbanized. These canals flow into sub-surfaces, revealing changing not only on specific sections, but also along the longitudinal profile. The surveys revealed that about 30% of the urban fluvial stretches are canalized, with morphological changes that alter the dynamic of the flux. Several enclosed sections overlaid with streets showed accumulation of sediment (technogenic and natural), and of bushes, favoring to reduce the capacity of sections, forming zones of water retention in the events of rain. The percentage of technogenic sediments of bed samples collected in urban areas showed little variation with an average of 18,01%. The surveys of the geometric properties of urban canals showed morphological misfits, with enlargement of urban stretches about three times higher than rural. The data of the flow monitoring showed that the urban area presented a specific flow rate 2.66 times the flow rate of the rural area, what conditions more energy in the flux and maximum flow rates higher leveraging change in the canal geometry and in the occurrence of flooding and urban inundation.
Palavras-chave: Urbanização
Canalização
Sedimentos Tecnogênicos
Regime Fluvial
Geomorfologia fluvial
Urbanization
Canalization
Technogenic Sediments
Fluvial Regime
Fluvial Geomorphology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Geografia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geografia (Mestrado)
Citação: OLIVEIRA, Éderson Dias de. IMPACTOS DA URBANIZAÇÃO NA GEOMETRIA HIDRÁULICA DE CANAIS FLUVIAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CASCAVEL, GUARAPUAVA/PR. 2011. 177 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica da Paisagem e dos Espaços Rurais e Urbanos) - UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava, PR, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/496
Data de defesa: 3-Aug-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EDERSON DIAS DE OLIVEIRA.pdf10,54 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.