???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/379
Tipo do documento: Dissertação
Título: IDENTIFICAÇÃO DE ANIMAIS SILVESTRES DE INTERESSE CRIMINAL DA FAUNA MATOGROSSENSE POR MEIO DE DNA MITOCONDRIAL
Autor: Carmo, Reginaldo Rossi do 
Primeiro orientador: Mateus, Rogério Pincela
Primeiro coorientador: Silva, Flávia Galindo Silvestre
Resumo: O Brasil possui uma importância inquestioNÍVEL no cenário da biodiversidade global o que o torna um dos países mais visados para este que é o terceiro maior comércio ilícito do mundo, o tráfico de animais silvestres. No combate ao crime o Brasil vem aprimorando sua legislação ambiental e o trabalho pericial ganhou especial relevância na quantificação dos danos e na identificação das espécies envolvida nos ilícitos. A maioria dos peritos utiliza-se de comparativos morfológicos no trabalho de identificação, no entanto, é comum a apreensão de apenas fragmentos de espécimes e, nestes casos, uma identificação confiável só se torna possível pela técnica de sequenciamento genético. Mesmo com o reconhecimento da técnica como importante ferramenta na identificação, ainda paira uma discussão sobre qual o melhor segmento de DNA a ser utilizado (Cytb ou COI) e se estes são efetivos para amostras degradadas, como é o caso das amostras forenses. Assim o objetivo desta pesquisa é contribuir para dissolução destes questionamentos e depositar no banco de dados GenBank as sequências de DNA mitocondrial geradas. As amostras foram divididas em dois grupos, chamadas de amostras referência (coletadas de animais do Zoológico da UFMT) e amostras questionadas (encaminhadas ao laboratório da POLITEC para identificação da espécie). Após extração, amplificação e seqüenciamento, as sequências resultantes foram confrontadas com sequências já depositadas no GenBank. Para os parâmetros adotados neste estudo, os melhores resultados foram obtidos para as sequências mais curtas do Cytb. Em apenas 10% das espécies conseguiu-se sucesso no sequenciamento do segmento COI. As sequências resultantes das amostras referências, quando confrontados com as sequências depositadas no GenBank apresentou similaridade entre 93,9% a 100%, com exceção da amostra de Leopardus pardalis que resultou em 91,9% de similaridade com a espécie Prionailurus bengalensis. Para as sequências resultantes das amostras questionadas obtivemos índice de similaridade superior a 97% para as espécies de Hydrochoerus hydrochaeris, Tapirus terrestris (inicialmente tida como Dasyprocta aguti) e Euprhactus sexcinctus. O confronto direto entre a amostra referência e a amostra questionada da espécie Leopardus pardalis apresentou índice de similaridade superior a 99%. Para as sequências obtidas das espécies Pecari tajacu, Rhynchotus rufescens, Leptotila sp. e Tupinambis sp., o índice de similaridade foi de 94,3% com Pecari tajacu, 96,5% com Ramphasto toco, 96,1% com Amazona guildingii e 98,3% com a espécie Tupinambis merianae, respectivamente. Desta forma este trabalho contribuiu para padronizar e mostrar a eficiência da técnica e a necessidade de se realizar um grande projeto de seqüenciamento de toda a fauna silvestre brasileira para disponibilizá-los nos bancos de dados públicos.
Abstract: Brazil has an undeniable importance in the scenario of global biodiversity, what turns it one of the most sought countries for this is the third largest illicit trade of the world, the traffic of wild animals. To cope with the criminal assaults Brazil has been improving its environmental legislation and the expert work has gained special importance in quantifying the damage and identifying the species involved in criminal activities. Most of the experts are used of comparative morphological identification of the work, howevwe, it is common for the seizure of only fragments of specimens and, most often in these cases the identification is only possible by the technique of gene sequencing. Even with the recognition of technology as an important tool for identification, it still hangs a discussion about the best DNA segment to be used (Cytb or COI) and if these are effective for degraded samples, as forensic samples. Aiming to contribute to dissolution of these questions and to deposit in the international database GenBank, the mitochondrial DNA sequences generated. The samples were divided in two groups, calls of reference samples (collected from animals in the UFMT`s zoo) and questioned samples (sent to the POLITEC laboratory for specific identification). After extraction, amplification and sequencing, the resulting sequences were compared with sequences already deposited in GenBank. For the parameters used in this study, the best results were obtained for the shortest Cytb sequences. In only 10% of species could be successful in sequencing of the COI segment. The resulting sequences of sample references, when confronted with sequences deposited in database presented similarity among 93.9% to 100% except for the Leopardus pardalis sample that resulted in 91.9% of similarity with the species Prionailurus bengalensis. For the resulting sequences of the questioned samples we obtained similarity index above 97% for species of Hydrochoerus hydrochaeris, Tapirus terrestris (initially taken as Dasyprocta agouti) and Euprhactus sexcinctus. The direct confrontation between the reference and the questioned sample of the species Leopardus pardalis presented index of superior similarity of 99%. For the obtained sequences of the species Pecari tajacu, Rhynchotus rufescens, Leptotila sp. and Tupinambis sp., the similarity index was of 94.3% with Pecari tajacu, 96.5% with Ramphastos toco, 96.1% with Amazon guildingii and 98.3% for the species Tupinambis merianae, respectively. Thus, this study contributes to show the efficiency of the technique and also exposes the need to undertake a great project to sequence the whole Brazilian wild fauna to make available them in the public databases.
Palavras-chave: DNA mitocondrial
identificação forense
GenBank
mitochondrial DNA
forensic identification
GenBank
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Biologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva (Mestrado)
Citação: CARMO, Reginaldo Rossi do. IDENTIFICAÇÃO DE ANIMAIS SILVESTRES DE INTERESSE CRIMINAL DA FAUNA MATOGROSSENSE POR MEIO DE DNA MITOCONDRIAL. 2012. 102 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Evolutiva) - UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava, PR, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/379
Data de defesa: 1-Jan-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
reginaldo_carmo.PDF4,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.