???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/368
Tipo do documento: Dissertação
Título: A DIMENSÃO CULTURAL DO PROCESSO DE INCLUSÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA IDENTIDADE DO PROFESSOR
Título(s) alternativo(s): The Cultural Dimension of the Inclusion Process: an analysis based on teachers` action
Autor: Rutkoski, Ceclia Rafaelly de Oliveira 
Primeiro orientador: Silva, Jefferson Olivatto da
Resumo: O processo de inclusão educacional tem provocado muitos questionamentos e tem sido, de forma recorrente, tema das pesquisas na área da Educação Especial. No entanto, neste trabalho, optou-se por analisá-lo através da Antropologia Educacional, por meio do estudo da identidade do professor, para compreender a atuação docente neste processo. Para tanto, esta pesquisa teve como objetivo compreender as implicações da identidade profissional de professora no processo de inclusão escolar. Metodologicamente, utilizou-se da etnografia. No diário de campo foram registrados os encontros que ocorreram em uma escola municipal de Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental de Guarapuava-PR, com as professoras e a equipe pedagógica. Depois do olhar incondicionado e registro em diário de campo, analisou-se a dinâmica escolar e seus vínculos simbólicos, em seguida, definiram-se os traços comuns de identidade para então serem relacionados à inclusão escolar no processo de manutenção da identidade de professora. Teoricamente esta pesquisa se apoia em André, no que se refere à etnografia em pesquisa educacional; em Barth, para o estudo das identidades; em Cunha, na utilização do conceito de cultura com aspas; para a compreensão da identidade enquanto instrumento de resistência diante dos conflitos sociais; além de McLaren, para explicar a resistência pelo viés do currículo oculto presente na dinâmica escolar. Concluiu-se que as práticas educativas são orientadas pelo reconhecimento identitário das professoras. Estas se posicionam com benevolência diante do seu alunado, fator que gera dificuldades no ensino da parcela de alunos que se posiciona em resistência diante dos conflitos sociais vivenciados na dinâmica escolar, por sua vez, causando sentimento de frustração às professoras. Esses resultados apontam as fronteiras da Educação Especial, bem como para o papel do professor no processo de inclusão enquanto educador.
Abstract: The educational inclusion process has been source of many questions and frequently it has been a subject for researches in Special Education area. However, the analysis of this research is based on Educational Anthropology where we studied the teachers` identity to understand how they work in inclusion process. So the objective of this research is to understand consequences from teachers` professional identity during the educational inclusion process. The method was ethnography. Information about meetings in a Childhood Education school with teachers and pedagogical team and observation of students in initial years of Elementary School were written on a field diary. The scholar dynamics and symbolic links were analyzed after to observe unconditionally and to write information on field diary. Next, common aspects of identity were defined and finally they were associated to scholar inclusion in the teachers` identity process. Theoretically this research is based on André regarding ethnography in educational research; on Barth regarding identity studies; on Cunha regarding the concept culture between quotation marks to understand the identity as a kind of resistance in front of social conflicts; on McLaren to explain the resistance from the perspective of the occult curriculum in the scholar dynamics. The conclusion is educational practices are oriented by teachers` identity recognition. Teachers have a benevolent attitude with students and this factor causes some difficulties to teach part of students which are resistant in front of social conflicts lived in scholar dynamics, these conflicts also are source of frustration for teachers. These results point the limits of Special Education and the teachers` action in inclusion process as educators.
Palavras-chave: Inclusão
Formação de professores
Identidade do professor
Manutenção das identidades
Antropologia educacional
Educação Especial
Inclusion
Professional formation for teachers
Maintenance of identities
Educational anthropology
Special education
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Humanas, Letras e Artes
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado - Irati)
Citação: RUTKOSKI, Ceclia Rafaelly de Oliveira. A DIMENSÃO CULTURAL DO PROCESSO DE INCLUSÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA IDENTIDADE DO PROFESSOR. 2015. 108 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado - Irati) - Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/368
Data de defesa: 14-May-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado - Irati)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PR CECILIA RAFAELLY DE OLIVEIRA RUTKOSKI.pdf649,96 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.