???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/230
Tipo do documento: Dissertação
Título: AS ESCOLAS DO CENTRO-SUL DO PARANÁ, E SUA SENSIBILIDADE EM ABORDAR A QUESTÃO DO TRABALHO INFANTIL NA FUMICULTURA
Título(s) alternativo(s): não consta
Autor: Schüller, Marcia Adriana 
Primeiro orientador: Laat, Erivelton Fontana de
Resumo: Tem esta dissertação por objetivo buscar as circunstâncias em que a exploração do trabalho infantil e a participação infanto-juvenil ocorrem na fumicultura da região centro - sul do Paraná e quais as suas relações com a escolarização. Aspectos históricos - sociais aos quais os trabalhadores rurais são submetidos. Amparando- nos em autores nacionais e estrangeiros que estudaram o tema, adotamos as seguintes categorias: a) a dignidade humana e o trabalho infantil e Histórico da questão; b) o trabalho infantil no cultivo do fumo e suas consequências;c) o binômio escola- trabalho. Quanto aos aspectos metodológicos, foram realizados a leitura sobre o trabalho infantil; pesquisa de campo através de entrevistas com membros da educação em escolas rurais nos centros fumicultores dos municípios paranaenses de Irati, Fernandes Pinheiro, Rio Azul, e Rebouças. Nas entrevistas realizadas foram ouvidos professores e diretores, sobre a participação da escola na vida cotidiana da criança e do adolescente. Da necessidade de tentar solucionar a questão do menor trabalhador. Conclui- se que a criança e o adolescente do chamado meio rural realizam tarefas no campo e no âmbito doméstico combinados em forma familiar. O que se questionou é o fato de o trabalho de tais menores estar intimamente relacionado às formas de aprendizagem e sobrevivência, pois, nos dias atuais, esse trabalho faz parte de uma cadeia produtiva mais ampla cujo objetivo é a produção de valores em benefício da família, da organização familiar. Face à sociedade, a escola é apontada como a solução do problema do trabalho infantil. Mas, se por um lado, a escola é vista como a válvula de escape para tentar amenizar o que haver de degeneração precoce e ao mesmo tempo dar oportunidade aos filhos dos trabalhadores o acesso ao ensino, e no entanto não é capaz de solucionar os problemas cuja origem se acha entranhada nas contraditórias relações que submetem o homem comum à vida e sobrevivência na sociedade onde vive.
Abstract: El objetivo de esta disertación es presentar las circunstacias en que la explotación de la labor infantil y participación infanto-juvenil que ocure en la fumicultura de la región Centrosur de Paraná e sus relaciones con la escolarización. Aspectos historicosociales a los cuales los trabajadores del campo son sumetidos. Con basis en autores nacionales y extranjeros que han estudiado la tierra, hemos adoptado los seguientes categorías: a) la dignidade humana y el trabajo infantil. História de la cuestión; b) el trabajo infantil en el cultivo del fumo y sus consecuencias; c) el binômio escuela - trabajo. En lo que dice respecto a los aspectos metodológicos, han sido realizados lectura acurada de bibliografia especializada; pesquisa del campo através de interviús, con los membros de la educaciónen escuelas rurales en los centros fumicultores de los ayuntamientes de Irati, Fernandes Pinheiro, Rio Azul e Rebouças. Han participado de los interviús maestros e diretores que hablaram sobre la participación de la escuela en la vida diária del niño y los adolescentes. De la necesidad de encontrar una solución a la cuestión del menor trabajador. Se concluye que el niño y el adolescente de dicho ambiente rurales. Tareas en el campo y en el medio doméstico combinados en forma familiar. Lo que se discute es el hecho del trabajo del menor estar estrechamente relacionado a las formas de aprendizaje y supervivência, pues, en los días de actuales, esse processo hace parte de una cadena productiva más amplia cuyo objetivo es la producción de valores en beneficio de la família y sua organización. En la sociedade la escuela es vista como una solución para el trabajo infantil. Pero, si amenizar lo que puede existir de denegeración precoz y al mismo tempo oferecer mejor oportunidade a los hijos de campesinos de aceder a la enseñanza, no se capable de presentar una solución a los problemas cuyo origen se encuentra ligado a las contradictorias relaciones que someten el hombre común a la vida y supervivência en la sociedade donde vive.
Palavras-chave: Exploração de trabalho infantil
Professores
Escola do campo
fumicultura
Explotación del trabajo infantil
Maestros
Escuela rural
Fumicultura
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS
CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Saúde de Irati
Programa: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário (Mestrado Interdisciplinar)
Citação: SCHÜLLER, Marcia Adriana. AS ESCOLAS DO CENTRO-SUL DO PARANÁ, E SUA SENSIBILIDADE EM ABORDAR A QUESTÃO DO TRABALHO INFANTIL NA FUMICULTURA. 2015. 116 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário - Mestrado Interdisciplinar) - Universidade Estadual do Centro Oeste, Irati-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/230
Data de defesa: 30-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PR MARCIA ADRIANA SCHULLER.pdf838,04 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.