???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/tede/131
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tamanhos de tubérculo-semente e doses de fertilizante e gesso no crescimento e produtividade da cultura da batata
Título(s) alternativo(s): Potato tuber seed size and fertilizer and gypsum rates on growth and yield of potato plants
Autor: Queiroz, Luiz Raphael de Melo 
Primeiro orientador: Müller, Marcelo Marques Lopes
Resumo: O objetivo deste trabalho foi identificar o efeito de doses de fertilizante e tamanhos de tubérculo-semente no crescimento, produtividade e rentabilidade da cultura da batata, além de verificar a eficiência do uso do gesso agrícola como fonte de cálcio, visando à complementação de menores doses do fertilizante NPK 4-14-8, na região de Guarapuava - PR. Foram conduzidos três experimentos na região, sendo um em lavoura comercial de batata, a partir de dezembro 2010; e outros dois em casa de vegetação com cobertura plástica, no Campus CEDETEG da Universidade Estadual do Centro Oeste, em julho/agosto e agosto/setembro de 2012, 1º e 2º experimento, respectivamente. No experimento a campo, os tratamentos foram constituídos de 0, 2, 4 e 6 Mg ha?¹ do fertilizante mineral (NPK) 4-14-8 (parcela) e tubérculos-semente do tipo I e III (subparcela), arranjados em esquema de parcela subdividida, em blocos ao acaso, com três repetições. Em casa de vegetação, os tratamentos foram constituídos de quatro doses de fertilizante (0, 2, 4, 6 Mg ha?¹) formulado NPK 4-14-8, e mais três tratamentos de 2 Mg ha?¹ do mesmo formulado complementados com doses de 0,6; 1,2 e 1,8 Mg ha?¹ de gesso agrícola (20% Ca). As características analisadas foram: comprimento da haste principal, número de hastes, número de nós por haste, índice de área foliar (experimento a campo) e área foliar (experimentos em casa de vegetação), massa seca (MS) total; massa fresca, MS e número de tubérculos formados e iniciados. No experimento a campo determinou-se as doses de máxima eficiência agronômica e econômica das doses do fertilizante. Foram coletados dados aos 7, 14 e 21 dias após a emergência (DAE) (experimentos em casa de vegetação) e aos 24, 41 e 57 DAE, além da avaliação no período da colheita (experimento a campo). Em condições de campo, não houve interação significativa entre doses de fertilizantes e tamanhos de tubérculo-semente em nenhuma característica analisada. As doses do fertilizante influenciaram todas as características morfológicas analisadas, sendo que, de modo geral, as maiores doses resultaram em maiores valores das características. Entretanto, as doses do fertilizante influenciaram com menor intensidade o número de hastes, que foi a característica mais influenciada pelo tamanho do tubérculo-semente, sendo maior em plantas oriundas de sementes do tipo I. O tamanho do tubérculo-semente não influenciou a produtividade de tubérculos. O número de tubérculos iniciados apresentou mesma tendência, isto é, plantas que receberam maiores doses de fertilizante iniciaram maior número de tubérculos em comparação às demais plantas, e em casa de vegetação a complementação do fertilizante com gesso agrícola resultou em iniciação de tubérculos semelhante à utilização das maiores doses do fertilizante, mostrando que nas condições deste estudo, a utilização de 2 Mg ha?¹ do fertilizante 4-14-8 complementado com dose de 1,2 Mg ha?¹ de gesso agrícola apresentou-se como a melhor opção econômica para a iniciação de tubérculos. Porém, a máxima eficiência econômica no campo foi atingida com 3,5 Mg ha?¹ de fertilizante, concluindo-se, portanto, que a utilização da dose de 3,5 Mg ha?¹ e tubérculos-semente do tipo III resultaram na melhor opção econômica para o produtor.
Abstract: The objective of this study was to identify the effect of fertilizer rates and sizes of seed potatoes on growth, yield and profitability of potato cultivation, in addition to verifying the efficiency of the use of gypsum as a calcium source, aiming at complementing the smaller doses of the fertilizer NPK 4-14-8, in the region of Guarapuava, Paraná state. Three experiments were conducted in the region, one in commercial potato crop, from December 2010, and other two experiments in a greenhouse with plastic cover on Campus CEDETEG of Midwestern State University, in July/August and August/September 2012, 1st and 2nd experiment, respectively. In the field experiment the treatments were 0, 2, 4 and 6 Mg ha?¹ of mineral fertilizer 4-14-8 (plot) and seed potatoes type I and III (subplot), arranged in a split plot design in a randomized block design with three replications. In greenhouse, treatments consisted of four fertilizer rates (0, 2, 4, 6 Mg ha?¹) of NPK 4-14-8, and three rates of 2 Mg ha?¹ of the same formulated supplemented with doses of 0.6; 1.2 and 1.8 Mg ha?¹ of gypsum (20% Ca). The analyzed characteristics were: main steam length, number of stems, number of nodes per stem, leaf area index (field experiment) and leaf area (experiments in the greenhouse), total dry matter (DM); fresh weight, DM and number of tubers formed and started. In the field experiment it was determined the maximum agronomic and economic efficiency of fertilizer rates. Data were collected at 7, 14 and 21 days after emergence (DAE) (in greenhouse experiments) and at 24, 41 and 57 DAE, and at harvest (field experiment). Under field conditions, there was no significant interaction between fertilizers rate and potato seed tuber size for any analyzed characteristic. The rate of fertilizer influenced all the analyzed plant characteristics, where, in general, the higher the rates, the higher the values of the characteristics. However, the rates of fertilizers had low effect on the number of stems, which was the characteristic most influenced by the seed size; it was higher in plants from seed type I. The size of the seed potatoes had no influence on tuber yield. The number of tubers initiated showed the same tendency, i.e., plants that received greater doses of fertilizer started greater number of tubers compared with the other plants, and in greenhouse the fertilizer supplementation with gypsum leads to tuber initiation similar to the use of the higher rate of the fertilizer, showing that under the conditions of this study, the use of 2 Mg ha?¹ of the fertilizer 4-14-8 supplemented with rates of 1.2 Mg ha?¹ of gypsum showed the best economic option for tuber initiation. However the maximum economic efficiency was achieved with 3.5 Mg ha?¹ of the fertilizer, concluding, therefore, that the use of rate of 3.5 Mg ha?¹ and seed potatoes type III resulted in the best economical choice for the growers.
Palavras-chave: Solanum tuberosum
índice de área foliar
tuberização
gesso agrícola
Solanum tuberosum
leaf area index
tuberization
gypsum
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Agronomia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Agronomia (Mestrado)
Citação: QUEIROZ, Luiz Raphael de Melo. Tamanhos de tubérculo-semente e doses de fertilizante e gesso no crescimento e produtividade da cultura da batata. 2013. 68 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/131
Data de defesa: 18-Feb-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRdissertacao_de_mestrado_luiz_raphael.pdfLuiz Raphael de Melo Queiróz789,23 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.