???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/817
Tipo do documento: Dissertação
Título: CAPACIDADES DINÂMICAS COMO DIFERENCIAL ESTRATÉGICO PARA A SUSTENTABILIDADE: O CASO DE UMA COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL
Autor: FURLAN, MERYLISA 
Primeiro orientador: Morozini, João Francisco
Resumo: Esta dissertação aborda o tema: capacidades dinâmicas como um diferencial estratégico para a sustentabilidade na linha de pesquisa em Estratégia do Programa em Pós-Graduação em Administração (PPGADM), Mestrado Profissional em Administração da UNICENTRO. Partiu do entendimento da importância do sistema cooperativista de produção, com sua geração de riqueza em nível global, nacional e regional. As organizações cooperativas estão inseridas no ambiente dinâmico e competitivo, e destaca-se a importância de se verificar junto à estas organizações suas capacidades dinâmicas alinhadas ao seu planejamento estratégico, considerando a preocupação com a sustentabilidade, pois este tema deve estar inserido como pilar que dá direcionamento à todos os processos, produtos e serviços da organização, visto que os stakeholders, que são o público de interesse e de relacionamento das cooperativas, exigem determinados posicionamentos relacionados à sustentabilidade organizacional. Assim, esta pesquisa buscou analisar a contribuição das capacidades dinâmicas para a sustentabilidade em uma Cooperativa Agroindustrial, na avaliação dos clientes, partindo do pressuposto que esta cooperativa possui práticas, nas quais podem ser identificadas suas capacidades dinâmicas. Foram elaboradas as categorias baseadas na teoria das Capacidades Dinâmicas, conforme modelo de Wang e Ahmed (2007), além das dimensões de sustentabilidade organizacional, vinculadas ao tripé da sustentabilidade de Elkington (1994), considerando os pilares econômico, social e ambiental. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa e estudo de caso aplicado aos clientes da Cooperativa Agroindustrial. Foi aplicado questionário nos clientes localizados no Brasil, utilizando-se de questionário Likert de 5 pontos, de formato estruturado com questões fechadas e desenvolvido à partir da teoria das capacidades dinâmicas e sustentabilidade organizacional. A pesquisa foi disponibilizada por meio da Plataforma de pesquisa online SurveyMonkey® , com uso de e-mail disparado para 1.220 contatos que seriam os clientes ou compradores responsáveis pela decisão de compra dos produtos da cooperativa, resultando em 122 respondentes efetivos válidos. Os dados quantitativos foram submetidos a tratamento estatístico através do software SPSS, sob análise descritiva, análise de cluster e análise de correlação. Constatou-se que a cooperativa possui práticas voltadas a sustentabilidade organizacional. Na percepção dos clientes, a cooperativa possui as capacidades dinâmicas necessárias para o atendimento aos critérios de sustentabilidade exigidos por eles. Pela análise de cluster foi possível identificar 2 grupos de clientes que avaliam de formas distintas a cooperativa analisando o constructo das capacidades dinâmicas, o constructo das dimensões da sustentabilidade organizacional e o constructo dos processos internos da organização. As hipóteses foram comprovadas através das análises de correlação que demonstraram que as capacidades dinâmicas estão positivamente relacionadas ao grau de preocupação com a sustentabilidade da cooperativa, e inclusive há diferença de níveis de cobrança dos critérios de sustentabilidade quando considerados o porte de empresa dos clientes. Foi possível identificar que as capacidades dinâmicas contribuem para sustentabilidade na avaliação dos clientes dos diferentes negócios da cooperativa. Assim, houve a contribuição para a redução da lacuna teórica sobre o tema voltado as capacidades dinâmicas, com a sua mensuração através de estudo quantitativo, vinculando a sustentabilidade e o cooperativismo. Como contribuições práticas para a organização pesquisada foram identificadas oportunidades nos diversos segmentos em que ela atua, como forma de utilizar as capacidades dinâmicas como diferencial estratégico considerando o tema da sustentabilidade. Finalmente o estudo poderá ser utilizado pelos práticos da administração e pelo setor cooperativista, visto que a presente pesquisa demonstrou a importância da resolução dos problemas voltados às exigências dos clientes e às cadeias produtivas do setor cooperativista e agroindustrial considerando o tema sustentabilidade.
Abstract: This dissertation addresses the theme: dynamic capacities as a strategic differential for sustainability in the line of research in Strategy of the Postgraduate Program in Administration (PPGADM), Professional Master in Administration of UNICENTRO. It started with an understanding of the importance of the cooperative production system, with its global, national and regional wealth generation. Cooperative organizations are inserted in the dynamic and competitive environment, and it is important to check with these organizations their dynamic capabilities in line with their strategic planning, considering the concern with sustainability, since this theme must be inserted as a pillar that gives all the processes, products and services of the organization, since the stakeholders, who are the public of interest and relationship of the cooperatives, demand certain positions related to organizational sustainability. Thus, this research sought to analyze the contribution of dynamic capacities for sustainability in an Agroindustrial Cooperative, in the evaluation of clients, assuming that this cooperative has practices, in which its dynamic capabilities can be identified. Based on the Dynamic Capabilities theory, according to the model of Wang and Ahmed (2007), besides the organizational sustainability dimensions, linked to Elkington's sustainability tripod (1994), considering the economic, social and environmental pillars. This is a descriptive research, with a quantitative approach and case study applied to the clients of the Agroindustrial Cooperative. A questionnaire was applied to customers located in Brazil, using a 5-point Likert questionnaire, structured with closed questions and developed based on the theory of dynamic capacities and organizational sustainability. The survey was made available through the SurveyMonkey® Online Survey Platform, with e-mail being triggered for 1,220 contacts who would be the customers or buyers responsible for the decision to purchase the cooperative's products, resulting in 122 valid effective respondents. The quantitative data were submitted to statistical treatment using SPSS software, under descriptive analysis, cluster analysis and correlation analysis. It was verified that the cooperative has practices focused on organizational sustainability. In the perception of customers, the cooperative has the dynamic capabilities necessary to meet the sustainability criteria demanded by them. By cluster analysis, it was possible to identify two groups of clients that evaluate the cooperative in different ways, analyzing the construct of the dynamic capacities, the construct of the dimensions of organizational sustainability and the construct of the internal processes of the organization. The hypotheses were proven through the correlation analyzes that showed that the dynamic capacities are positively related to the degree of concern with the sustainability of the cooperative, and there are even different levels of collection of the sustainability criteria when considering the clients' company size. It was possible to identify that the dynamic capacities contribute to sustainability in the assessment of the clients of the cooperative's different businesses. Thus, there was the contribution to the reduction of the theoretical gap on the theme focused on dynamic capacities, with its measurement through a quantitative study, linking sustainability and cooperativism. As practical contributions to the researched organization, opportunities were identified in the various segments in which it operates, as a way of using dynamic capacities as a strategic differential considering the theme of sustainability. Finally, the study could be used by management practitioners and the cooperative sector, since the present research demonstrated the importance of solving the problems faced by the clients' demands and the productive chains of the cooperative and agroindustrial sector, considering the sustainability theme.
Palavras-chave: Capacidades Dinâmicas
Cooperativa Agroindustrial
Estratégia
Sustentabilidade
Dynamic Capabilities
Strategy
Agroindustrial Cooperative
Sustainability
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Administração
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado Profissional)
Citação: FURLAN, MERYLISA. CAPACIDADES DINÂMICAS COMO DIFERENCIAL ESTRATÉGICO PARA A SUSTENTABILIDADE: O CASO DE UMA COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL. 2017. 136 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/817
Data de defesa: 5-Apr-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MERYLISA FURLAN.pdfMERYLISA FURLAN1,63 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.