Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/787
Tipo do documento: Dissertação
Título: DETERMINAÇÃO DE VARIÁVEIS DENDROMÉTRICAS DE Eucalyptus urograndis COM DADOS LiDAR AEROTRANSPORTADO
Título(s) alternativo(s): DETERMINATION OF DENDROMETRICAL VARIABLES OF Eucalyptus urograndis WITH AIRBORNE LIDAR DATA
Autor: PEINHOPF, CACIANE 
Primeiro orientador: Figueiredo Filho, Afonso
Segundo orientador: Santos, João Roberto dos
Resumo: Este trabalho teve como objetivo comparar parâmetros biofísicos de um povoamento de Eucalyptus urograndis obtidos em inventário florestal convencional com aqueles derivados de perfilamento a LASER Aerotransportado, com densidades de pontos LASER de 5 e 10 pontos/m². Os plantios florestais selecionados para este estudo se localizam no Vale do Paraíba, estado de São Paulo, pertencentes à empresa Fibria Celulose S.A. As parcelas amostradas no decorrer do inventário florestal são de caráter temporário, de forma circular com raio de 11,28 m e área aproximada de 400 m². A área foi sobrevoada entre os meses de janeiro a março, para aquisição da varredura a LASER com densidade de 5 e 10 pontos/m², respectivamente, além de simultânea aquisição de fotografias aéreas. Na análise dos parâmetros biofísicos, a altura total das árvores foi obtida com os dados LiDAR a partir da diferença entre os pontos que compunham a nuvem de pontos representativa do terreno e o ponto mais alto, visualmente determinado em uma área de pontos que representam a copa. Os diâmetros e volume foram estimados em função da altura, com modelo ajustado a partir de dados de campo. As médias das alturas, diâmetros e volumes obtidos nos povoamentos com variação de idade entre 3 a 8 anos de idade, derivadas das informações de campo e comparadas com os dados extraídos do LiDAR, foram comparados com o teste de Dunnett (α ≤ 0,05). Os resultados indicam que as médias de altura, diâmetro (DAP) e volume obtidos com dados LiDAR, em geral, apresentaram resultados estatisticamente iguais aos dados obtidos em campo, exceto para o povoamento com idade maior para esta área de estudo (8 anos). Por outro lado, os erros médios obtidos ficaram entre 3,97 a 12,77%; 4,54 a 20,89% e 14,46 a 59,26%, respectivamente para a altura, DAP e volume. Os dados LiDAR de densidade 10 pontos/m2 apresentou erros médios inferiores que a densidade 5 pontos/m2. Os desvios entre os dados obtidos pelo LiDAR em relação àqueles de campo apresentaram uma boa correlação com a idade, indicando que essa variável pode ser mensurada por meio desta tecnologia. Entretanto, esses mesmos desvios não tiveram qualquer correlação com a declividade, indicando que esta variável parece não afetar a altura medida com dados LiDAR. Em síntese, há possibilidade de aplicação da técnica LiDAR para o inventário e monitoramento florestal, maximizando a acurácia e minimizando a coleta de informações básicas do povoamento pelo método tradicional, ainda necessário para ajuste de equação diamétrica e volumétrica.
Abstract: This study aimed to compare biophysical parameters of a stand of Eucalyptus urograndis obtained in conventional forest inventory with those derived from profiling the Airborne Laser, with densities of Laser points of 5 and 10 points / m². The forest plantations selected for this study are located in the Paraíba Valley, State of São Paulo, Brazil, belonging to the company Fibria Celulose S.A. The sampled plots during the forest inventory are temporary and circular, having a radius of 11.28 m and area of approximately 400 m². The area was overflown during the months of January to March, for the acquisition of laser scanning density of 5 and 10 points/m², respectively, and simultaneous acquisition of aerial photographs. In the analysis of biophysical parameters, the total height of the trees was obtained with LiDAR data directly by the determination of difference between the representative points on the ground and the highest point in the crown area selected manually, and the diameters and volume were estimated according to the height, with adjusted model from field data. The means of height, diameter and volume obtained in stands with variation in age between 3 and 8 years, derived from field information were compared with data extracted from LiDAR by the Dunnett test (α ≤ 0.05). The results indicate that the means height, diameter (DBH) and volume obtained by LiDAR with densities of 5 and 10 points/m2, generally, presented results statistically identical to the data obtained in field, except for the oldest stand, considered in this research (8 years). On the other hand, the mean errors obtained were among 3.97 to 12.77%; 4.54 to 20.89% and 14.46 to 59.26%, respectively for the height, DBH and volume. The LiDAR data with 10 points/m2 of density always presented lower mean errors than the density of 5 points/m2. The deviations between the data obtained by LiDAR against those of field presented a good correlation with age, indicating that this variable can be measured through this tool. However, these same deviations had no correlation with the slope, indicating that this variable seems did not affect the height measured with LiDAR data. In summary, there is possibility to apply this LIDAR technique on a large scale for forest inventory and monitoring, maximizing the accuracy and minimizing the collection of basic information from stands by the traditional method, still necessary to adjust the diameter and volume equations.
Palavras-chave: Inventário florestal
Mensuração florestal
Mapeamento a LASER
Estimativa de altura
Forest inventory
Forest mensuration
Laser mapping
Estimation of height
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Florestais
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais (Mestrado)
Citação: PEINHOPF, CACIANE. DETERMINAÇÃO DE VARIÁVEIS DENDROMÉTRICAS DE Eucalyptus urograndis COM DADOS LiDAR AEROTRANSPORTADO. 2012. 55 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/787
Data de defesa: 19-Dez-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Caciane Peinhopf.pdfCACIANE PEINHOPF1,75 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.