???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/712
Tipo do documento: Dissertação
Título: FISIOLOGIA E PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO SOB AÇÃO DAS TINTURAS DE Ligustrum lucidum E Hedychium coronarium NO MANEJO DA ANTRACNOSE
Título(s) alternativo(s): PHYSIOLOGY AND PRODUCTION OF BEAN UNDER ACTION OF TINCTURES OF Ligustrum lucidum AND Hedychium coronarium IN MANAGEMENT OF ANTHRACNOSE
Autor: SANTOS, REGINA LOPES DOS 
Primeiro orientador: Faria, Cacilda Márcia Duarte Rios
Primeiro coorientador: Lima, Patrícia Carla Giloni de
Segundo coorientador: Lima, Vanderlei Aparecido de
Resumo: A antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum lindemuthianum, comum no feijoeiro, pode causar grandes perdas na produção. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação das tinturas de Ligustrum lucidum W.T.Aiton e Hedychium coronarium J. König, no controle/manejo da antracnose do feijoeiro em casa de vegetação. Sendo avaliados a influência da aplicação das tinturas de L. lucidum e H. coronarium na produção de feijoeiro da cultivar IPR-TUIUIU, mudanças no teor de pigmentos e nos parâmetros de fluorescência da clorofila antes e depois das aplicações das tinturas, assim como a severidade da antracnose. Foram realizados dois experimentos em Delineamento Inteiramente Casualizado (DIC), com 5 tratamentos e 3 repetições, sendo os tratamentos: H2O (controle negativo); fungicida Mancozebe (controle positivo); 10% (T-10%) ; 20% (T-20%) e 30% (T-30%) de tintura de L. lucidum e os mesmos tratamentos para o experimento com tintura de H. coronarium, os dados foram avaliados pela distribuição Gama, utilizando o programa estatístico Ambiente R e R Studio (R Core Team, 2015).Os menores valores de AACPD foram observados com a aplicação da tintura de H. coronarium, o que pode indicar que esta tintura agiu no controle da antracnose,. L. lucidum não teve efeito na doença. Os componentes de produção foram afetados, sendo que a aplicação de 30% de ambas as tinturas acarretaram elevação no número de vagens e consequentemente na MMG, e na produção. Houve alterações nos teores de clorofila e carotenoides, ocorrendo um decréscimo 48h após inoculação do patógeno. Observou-se elevação nos parâmetros de fluorescência (F, F’m, F’v, F’q, Y(II) e ΦII.) com aplicação de Mancozebe e tinturas tanto de L. lucidum como de H. coronarium a 20%, e decréscimo em F’m, F’v, F’q, Y(II), ΦII, F’v/F’m, F’q/F’v e RFD. Essas avaliações permitem detectar alterações no interior da folha, demonstrando o potencial de utilização da fluorescência da clorofila a no manejo e diagnóstico de doenças.
Abstract: Anthracnose, caused by Colletotrichum lindemuthianum in common bean, can cause major losses in production. This study aimed to evaluate the effect of application of Ligustrum lucidum W.T.Aiton tincture and Hedychium coronarium J. König, control/management of anthracnose in the greenhouse. It is this the influence of the application of tincture L. lucidum and H. coronarium in the production of bean cultivar IPR-Tuiuiu, changes in pigment content and parameters of Chlorophyll fluorescence before and after application of tincture, and the severity anthracnose. Two experiments were conducted in completely randomized design (CRD) with 5 treatments and 3 replications and treatments: H2O (negative control); fungicide Mancozeb (positive control); 10% (T 10%); 20% (T 20%) and 30% (T 30%) of L. lucidum tincture and the same treatments for the experiment with H. coronarium tincture, the data were evaluated by Gamma distribution, using the statistical program Setting R and R Studio (R Core Team, 2015) .The lowest AUDPC values were observed in the application of H. coronarium tincture, which may indicate that this tincture acted in controlling anthracnose ,. L. lucidum had no effect on disease. The yield components were affected, with the application of 30% of both tinctures led to elevation in the number of pods and therefore the MMG and production. There have been changes in the levels of chlorophyll and carotenoid, experiencing a decrease 48h after inoculation of the pathogen. Observed increase in fluorescence parameters (F, F'm, F'v, F'q, Y (II) and ΦII.) With application of tinctures and Mancozeb both L. lucidum and H. coronarium 20% and a decrease in F'm, F'v, F'q, Y (II) ΦII, F'v / F'm, F'q / F'v and RFD. These evaluations can detect changes within the sheet, demonstrating the potential use of chlorophyll fluorescence in the management and diagnosis of diseases.
Palavras-chave: carotenoides
pigmentos
fluorescência da clorofila a
Colletotrichum lindemuthianum
carotenoids
pigments
Chlorophyll a fluorescense
Colletotrichum lindemuthianum
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Agronomia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Agronomia (Mestrado)
Citação: SANTOS, REGINA LOPES DOS. FISIOLOGIA E PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO SOB AÇÃO DAS TINTURAS DE Ligustrum lucidum E Hedychium coronarium NO MANEJO DA ANTRACNOSE. 2016. 87 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/712
Data de defesa: 29-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REGINA LOPES DOS SANTOS.pdfREGINA LOPES DOS SANTOS4,62 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.