???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/640
Tipo do documento: Dissertação
Título: CAFEÍNA EM COGUMELO Pleurotus ostreatus CULTIVADO COM RESÍDUOS DE CAFÉ
Autor: Ramalho, Andressa Navarro 
Primeiro orientador: Reyes Torres, Yohandra Reyes
Resumo: Cogumelos pertencem ao Reino Fungi e são utilizados para diversos fins, como por exemplo, na culinária, na medicina, como alucinógenos, com fins ornamentais, porém também há aqueles que são venenosos. Houve um aumento no interesse na produção e consumo de cogumelos comestíveis, particularmente no gênero Pleurotus. O cultivo do Pleurotus pode ser realizado em diversos substratos como a polpa de café, cana de açúcar e farelos de trigo, entre outros. A composição química do cogumelo é influenciada pelo substrato em que é cultivado podendo ocorrer a absorção e/ou modificação de compostos originalmente presentes no substrato. O estudo focou o Pleurotus ostreatus, cujo nome popular no Japão é Hiratake, e é o quarto cogumelo comestível mais consumido no mundo, chamado comumente de carne vegetariana por ser rico em proteínas. Este estudo teve como objetivo principal determinar o teor de cafeína em cogumelos comestíveis do gênero Pleurotus, inoculados com sementes desenvolvidas em substrato a base de resíduo de café e inoculadas em feno e cogumelos produzidos diretamente na semente de café, sem uso do feno. Adicionalmente, almejou-se a identificação por CG-EM de compostos presentes nos extratos metanólicos do cogumelo. A otimização foi feita utilizando planejamento fatorial 2² para o processo de extração de cafeína, seguida da validação do método de determinação por CLAE-UV. Constatou-se que o cogumelo inoculado diretamente na semente de café, sem o uso do feno, absorveu a cafeína pelo seu micélio, e as concentrações encontradas no cogumelo liofilizado variaram de 589,6 a 975,0 g/g. Já os cogumelos inoculados com sementes desenvolvidas em substrato a base de resíduo de café e inoculadas em feno, apresentaram valores de cafeína abaixo do limite de quantificação. Em relação aos flavonoides, as amostras apresentaram teores entre 45,12 e 114,31 g/g. No entanto, o cogumelo crescido com sementes de café ainda contem quantidades significativas de compostos fenólicos e, em particular, o cogumelo cultivado diretamente na semente de café mostrou uma maior atividade antirradicalar em relação aos demais. Por fim, foram identificados por CG-EM ácidos graxos, terpenos e esteróis presentes nas amostras de cogumelo. Foi confirmada a presença de cafeína somente nos extratos dos cogumelos produzidos com sementes desenvolvidas em substrato a base de resíduo de café e inoculadas em feno e nos extratos produzidos diretamente na semente de café, sem uso do feno, demonstrando que cogumelos podem absorber cafeína a partir do substrato.
Abstract: Mushrooms are fungi which are used for various purposes, such as in cuisine, medicine, as hallucinogens, ornamental purposes, although there are also those which are poisonous. There has been an increasing interest in producing and consuming edible mushrooms, particularly those belonging to the genus Pleurotus, due to its easy availability. Fermentation of Pleurotus can be done on diverse substrates such as waste pulp of coffee, sugarcane and wheat brans, among others. The chemical composition of mushrooms is affected by the substrate because compounds originally found in substrates may be absorbed or modified by the mushrooms enzymes. The study focused on the Pleurotus ostreatus, whose popular name in Japan is hiratake, and it is the fourth most consumed edible mushroom in the world, commonly called vegetarian meat because its high protein content. This study aimed to determine the caffeine content in edible Pleurotus mushrooms that were inoculated with seeds developed on caffeic substrates and inoculated into hay and in mushrooms produced directly on the coffee seed, without using hay. Additionally, we pursued to identify organic compounds in methanolic extracts of mushrooms using GC-MS. Caffeine extraction from mushrooms was optimized by factorial design 2² followed by validation of and HPLC-UV method for caffeine determination. It was found that the fungus inoculated directly into the coffee seed, without the use of hay, absorbed caffeine through its mycelium and caffeine concentrations in lyophilized mushrooms ranged between 589.6 to 975.0 g/g. For mushrooms grown on coffee residues and inoculated into hay, caffeine was below the limit of quantification. Regarding the amounts of flavonoids, all samples showed relatively low levels. However, mushrooms grown in coffee seeds contained significant amounts of phenolic compounds and, in particular, the mushroom grown directly on the coffee seeds showed greater antiradical activity than the others. Finally, fatty acids, terpenes and sterols were identified by GC-MS in the mushroom samples. The presence of caffeine was confirmed only in mushrooms that had been grown in caffeic substrates, demonstrating that mushrooms can absorb caffeine from subtrates.
Palavras-chave: Cafeína
cogumelo
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Exatas e de Tecnologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado)
Citação: Ramalho, Andressa Navarro. CAFEÍNA EM COGUMELO Pleurotus ostreatus CULTIVADO COM RESÍDUOS DE CAFÉ. 2015. 79 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/640
Data de defesa: 10-Apr-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andressa Navarro Ramalho.pdfAndressa Navarro Ramalho1,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.