???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1587
Tipo do documento: Dissertação
Título: EXTRATO DA CASCA DE PERSEA PYRIFOLIA COMO INIBIDOR DE CORROSÃO DO AÇO CARBONO 1020
Autor: Vieira, Carine 
Primeiro orientador: Banczek, Everson do Prado
Resumo: O aço carbono é uma das ligas mais usadas em aplicações industriais devido ao seu baixo custo quando comparado as demais ligas e suas propriedades mecânicas. No entanto, o seu uso pode ser limitado devido à sua tendência à corrosão. Assim, faz-se necessário desenvolver métodos que inibam sua degradação. Uma maneira de diminuir a corrosão é mediante o uso de inibidores de corrosão, que são geralmente compostos orgânicos e podem atuar por adsorção formando películas protetoras. Alguns compostos orgânicos com heteroátomos como O, N, S inibem a corrosão ao formar um filme protetor. Porém, o uso de alguns inibidores tem sido limitado devido a suas propriedades serem prejudiciais ao meio ambiente. Por este motivo pesquisas vem sendo desenvolvidas buscando inibidores de corrosão ecologicamente corretos, uma alternativa para substituir inibidores de origem sintética muitas vezes tóxicos, é a utilização de inibidores naturais. Esses inibidores de corrosão são encontrados em diferentes extratos de plantas. No presente trabalho foi utilizado um extrato aquoso e etanólico da casca da planta de Persea pyrifolia (PP) com o objetivo de avaliar o efeito inibidor do extrato da casca de PP contra a corrosão do aço carbono 1020 em contato com as soluções eletrolíticas de NaCl 0,5 mol L-1 e HCl 0,1 mol L-1. As placas de aço carbono foram imersas no extrato aquoso e no extrato etanólico da casca da planta de PP nas concentrações de 2,5 % V/V, 5 % V/V e 10 % V/V com massa inicial de PP de 120 g e 40 g. Adicionalmente foram realizados ensaios com variação de tempo de até 120 h de imersão no extrato aquoso. A caracterização eletroquímica das amostras foi realizada por potencial de circuito aberto (ECA), polarização potenciodinâmica anódica (PPA) e espectroscopia de impedância eletroquímica (EIS). Além disso, a perda de massa foi medida e a eficiência inibidora foi avaliada. As placas foram caracterizadas por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EDS). As análises eletroquímicas indicaram proteção contra a corrosão em extrato aquoso. Na presença do eletrólito de NaCl 0,5 mol L-1 o melhor resultado encontrado foi para a concentração de 10 % V/V, para qual foi obtido um grau de cobertura de 73 %. Na presença do eletrólito HCl 0,1 mol L-1 o melhor resultado encontrado foi para a concentração de 2,5% V/V com grau de cobertura de 82,5 %.
Abstract: Carbon steel is one of the most used alloys in industrial applications due to its low cost when compared to other alloys and its mechanical properties. However, its use may be limited due to its tendency to corrosion. Thus, it is necessary to develop methods that inhibit its degradation. One way to reduce corrosion is through the use of corrosion inhibitors, which are generally organic compounds and can act by adsorption to form protective films. Some organic compounds with hetero atoms like O, N, S inhibit corrosion by forming a protective film. However, the use of some inhibitors has been limited due to their properties being harmful to the environment. For this reason research has been developed looking for ecologically correct corrosion inhibitors, an alternative to replace inhibitors of synthetic origin, often toxic, is the use of natural inhibitors. These corrosion inhibitors are found in different plant extracts. In the present work, an aqueous and ethanolic extract from the bark of the Persea pyrifolia (PP) plant was used in order to evaluate the inhibitory effect of the PP bark extract against the corrosion of 1020 carbon steel in contact with the electrolytic solutions of NaCl 0,5 mol L-1 and 0,1 mol L-1 HCl. The carbon steel plates were immersed in the aqueous extract and in the ethanolic extract of the PP plant bark in concentrations of 2,5% V / V, 5% V / V and 10% V / V with an initial mass of PP of 120 g 40 g. In addition, tests were performed with time variation of up to 120 h of immersion in the aqueous extract. The electrochemical characterization of the samples was performed by open circuit potential (ECA), anodic potentiodynamic polarization (PPA) and electrochemical impedance spectroscopy (EIS). In addition, mass loss was measured and inhibitory efficiency was assessed. The plates were characterized by scanning electron microscopy (SEM) and dispersive energy spectroscopy (EDS). Electrochemical analyzes indicated protection against corrosion in aqueous extract. In the presence of 0,5 mol L-1 NaCl electrolyte, the best result found was for the concentration of 10% V / V, for which a 73% coverage level was obtained. In the presence of the HCl 0,1 mol L-1 electrolyte the best result found was for the concentration of 2,5% V / V with a coverage degree of 82,5%.
Palavras-chave: Eletroquímica
química verde
Extrato de plantas
Corrosão
Electrochemistry
green chemistry
Plant extract
Corrosion
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Exatas e de Tecnologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado)
Citação: Vieira, Carine. EXTRATO DA CASCA DE PERSEA PYRIFOLIA COMO INIBIDOR DE CORROSÃO DO AÇO CARBONO 1020. 2020. 84 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1587
Data de defesa: 20-Feb-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Carine Vieira.pdfCarine Vieira1,68 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.