???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1581
Tipo do documento: Dissertação
Título: REVESTIMENTO A BASE DE NIÓBIO E TITÂNIO PARA PROTEÇÃO CONTRA CORROSÃO DO AÇO CARBONO SAE 1020
Autor: Helleis, Rodrigo 
Primeiro orientador: Banczek, Everson do Prado
Resumo: O aço-carbono é amplamente utilizado pela engenharia devido ao seu baixo custo e propriedades mecânicas, porém é pouco resistente a corrosão o que torna essencial o uso de tratamentos de superfície mesmo em ambientes pouco corrosivos. Os tratamentos superficiais utilizados pela indústria como a fosfatização e a galvanização apresentam grandes problemas em relação aos seus efluentes tóxicos, portanto o estudo de novas formas de proteção menos poluentes é de grande importância. O nióbio e o titânio são metais altamente resistentes à corrosão, isso se dá pela formação de um filme fino de seus óxidos na superfície do material quando em contato com ar. Revestimentos sintéticos desses óxidos vem sendo estudados principalmente pelo ramo biomédico para melhorar as caraterísticas de proteção contra a corrosão de próteses e consequentemente aumentar a sua biocompatibilidade. Com base no supracitado, o objetivo do trabalho foi desenvolver e caracterizar um revestimento de óxidos de nióbio e titânio utilizando o método Pechini para a proteção contra a corrosão do aço-carbono SAE 1020. Para tais placas de aço-carbono (SAE 1020) foram revestidas com uma resina preparada com etileno glicol (EG), ácido cítrico (AC), oxalato de amônio e nióbio como precursor de nióbio e tricloreto de titânio e hexafluorotitanato de potássio como precursores de titânio. As placas foram imersas na resina por 15 minutos e então calcinadas em forno mufla por 1 hora. A caracterização eletroquímica das amostras foi realizada por potencial de circuito aberto (ECA), espectroscopia de impedância eletroquímica (EIS), polarização potenciodinâmica anódica (PPA) e Scanning Vibrating Electrode Technique (SVET). Os revestimentos foram caracterizados morfologicamente e estruturalmente por microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de energia dispersiva (EDS) e difratometria de raios X (DRX). As análises eletroquímicas indicaram proteção contra a corrosão pela deposição do revestimento de óxidos e determinaram que o melhor resultado foi obtido para a placa revestida com uma resina preparada com K2TiF6 como precursor de titânio, proporção molar EG:AC – 8:1, Nb:AC – 1:10 e Ti:AC 0,6:10. As micrografias de MEV evidenciam a deposição de revestimentos não homogêneos. A partir dos difratogramas de raios X observou-se que os óxidos formados apresentaram característica de baixa cristalinidade. Com base nos resultados de SVET e da característica não homogênea obtida na caracterização morfológica pode-se concluir que o revestimento protegeu o aço-carbono contra a corrosão, porém é mais bem aplicada como um pré-tratamento e não como revestimento, assim como a fosfatização. Sendo necessário, após o processo, o revestimento da superfície com uma camada de tinta protetora para garantir a proteção a longo tempo.
Abstract: Carbon steel is widely used by engineering due to its low cost and mechanical properties, however it resists poorly to corrosion, which makes it essential to use surface tratments even in mildly corrosive environments. The most commonly used surface treatments such as phosphating and galvanization presents great problems related to toxic wastes, therefore the study of new, less polutant forms of protection is important. Niobium and titanium are highly resistant to corrosion, this is due to the formation of a thin film of its oxides in the surface of the material when exposed to air. Synthetic coatings of these oxides have been studied mainly by the biomedical field to increase the corrosion protection behavior of implants and consequently increase its bicompatibility. Based on the abovementioned the objetive of the study was to develop and characterize a niobium and titanium oxides coating prepared by the Pechini method for the protection of carbon steel SAE 1020. For such, carbon steel (SAE 1020) plates were dip-coated in a resin prepared with ethylene glycol (EG), citric acid (CA), niobium ammonium oxalate as niobium precursor and titanium trichloride and potassium hexafluorotitanate as titanium precursors. The plates were immersed in the resin for 15 minutes and calcinated in a muffle oven for 1 hour. The eletrochemical characterization of the samples was performed by open circuit potential (OCP), eletrochemical impedance spectroscopy (EIS), potentiodynamic anodic polarization (PAP) and scanning vibrating electrode technique (SVET). The coatings were characterized morphologically and structurally by scanning electron microscopy (SEM), energy dispersive spectroscopy (EDS) and X-ray diffraction (XRD). The electrochemical analyses indicated corrosion protection by the deposition of the oxides coating and determined that the best result was obtained for the resin prepare with K2TiF6 as titanium precursor and molar proportion EG:CA – 8:1, Nb:CA – 1:10 and Ti:CA – 0,6:10. The diffractograms presented a general amorphous characteristic for the oxides formed. Based on the SVET results and of the non-homogenous characteristic obtained for the morphology, it is concluded that the coating deposition protected the carbon steel against corrosion, however it is better applied as a pretreatment and not as a coating, such as phosphating, being necessary after the process, a layer of protective paint to grant the prtoection for a long time.
Palavras-chave: Eletroquímica
Método Pechini
Filme fino de óxidos
SVET
Electrochemistry
Pechini Method
Oxides thin film
SVET
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Exatas e de Tecnologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado)
Citação: Helleis, Rodrigo. REVESTIMENTO A BASE DE NIÓBIO E TITÂNIO PARA PROTEÇÃO CONTRA CORROSÃO DO AÇO CARBONO SAE 1020. 2019. 86 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1581
Data de defesa: 11-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Rodrigo Helleis.pdfRodrigo Helleis2,98 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.