???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1566
Tipo do documento: Dissertação
Título: REMOÇÃO DE ALPRAZOLAM EM ÁGUAS UTILIZANDO MATERIAIS RESIDUAIS ALTERNATIVOS
Autor: Ramos, Vanessa Carvalho Pereira 
Primeiro orientador: Quináia, Sueli Pércio
Primeiro coorientador: Liliane Schier de, Lima
Resumo: O alprazolam (ALP) é um contaminante emergente e pertence a um grupo de substâncias denominado benzodiazepínicos. Devido a atual preocupação ambiental com contaminantes emergentes, e com resíduos descartados de maneira inadequada, este trabalho mostra a utilização de dois materiais residuais para remoção de ALP em águas. Um deles é o Resíduo de casca de caldeira (RCC), e o outro é uma mistura de carvão ativado pulverizado de pinus com terra diatomácea (CAPP / TD). Os materiais adsorventes foram caracterizados quanto às suas propriedades físico-químicas (cinzas, umidade, densidade aparente, pH, número de iodo, pHpzc, tamanho de partícula, área superficial e Microscopia Eletrônica de Varredura - MEV). Na sequência foram realizados estudos de adsorção em batelada e em coluna de leito fixo. Nos estudos em batelada foram avaliados os tempos de equilíbrio e o comportamento com a variação da massa de cada resíduo analisado. No estudo em coluna de leito fixo, foram avaliados a influência das variáveis vazão, temperatura e pH na remoção do ALP através de um planejamento experimental. Foram avaliados os tempos de saturação das colunas, e estudos de interferentes também foram realizados. A área superficial do CAPP / TD foi de 217,4 m2/g e do RCC de 349,54 m2/g, ambos apresentaram pHpzc acima de 8 e pH básicos. O CAPP / TD apresentou maiores tamanhos de partícula, menor número de iodo e maior quantidade de cinzas quando comparado ao RCC. Os estudos em batelada apresentaram remoção de ALP de 69% em 60 min e 85% em 90 min para RCC e CAPP / TD, respectivamente. As isotermas de sorção mostraram estar de acordo com a classificação de Giles. As melhores condições para a remoção de ALP em leito fixo foram pH = 6; T = 30 ºC; V = 1,3 mL min-1 para o RCC e pH = 4; T = 25 ºC; V = 0,56 mL min-1 para CAPP / TD. Os tempos de saturação para o RCC e CAPP / TD ocorreram após 85 e 105 min, respectivamente. Para ambos resíduos, nenhuma interferência de matriz foi observada. O estudo demonstrou que ambos os adsorventes foram eficientes para a remoção de ALP, e podem ser aplicados em amostras ambientais.
Abstract: Alprazolam (ALP) is an emerging contaminant and belongs to a group of substances called benzodiazepines. Due to the current environmental concern with emerging contaminants, and with improperly discarded residues, this work shows the use of two waste material for the removal of ALP in water. One of them is the s boiler shell residue, in Portuguese translated to Resíduo de casca de caldeira (RCC); and the other is a mixture of pulverized activated carbon of pinus with diatomaceous earth, in Portuguese translated to carvão ativado pulverizado de pinus com terra diatomácea (CAPP / TD). The adsorbent materials were characterized as to their physical-chemical properties (ash, moisture, apparent density, pH, iodine number, pHpzc, particle size, surface area and Scanning Electron Microscopy, in Portuguese translated to Microscopia Eletrônica de Varredura - MEV). In the sequence batch and fixed bed studies were carried out. In the batch studies the equilibration times and the behavior with the mass variation of each residue analyzed were evaluated. In the fixed bed column study, the influence of variables such as flow, temperature and pH on ALP removal was evaluated through an experimental design. The saturation times of the columns were evaluated, and a study of interferences was also carried out. The CAPP / TD surface area was 217.4 m2/g and for RCC was 349.54 m2/g, both presented pHpzc above 8, and basic pH. The CAPP / TD presented higher particle sizes, lower iodine number and higher amount of ashes when compared to RCC. The batch studies showed ALP removal of 69% in 60 min and 85% in 90 min for RCC and CAPP / TD respectively. The sorption isotherms show to be in agreement with a classification of Giles. The best conditions for ALP removal in fixed bed were pH = 6; T = 30 °C; V = 1.3 mL min-1 for RCC and pH = 4; T = 25 °C; V = 0.56 mL min-1 for CAPP / TD. The saturation times for RCC and CAPP / TD occurred after 85 and 105 min, respectively. For both residues, no matrix interference was observed. The study demonstrated that both adsorbents were efficient for removal of ALP, and can be applied in environmental samples.
Palavras-chave: Alprazolam
Contaminantes Emergentes
Coluna de leito fixo
Batelada
Resíduos
Alprazolam
Emerging Contaminants
Fixed bed column
Batch
Waste
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Exatas e de Tecnologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado)
Citação: Ramos, Vanessa Carvalho Pereira. REMOÇÃO DE ALPRAZOLAM EM ÁGUAS UTILIZANDO MATERIAIS RESIDUAIS ALTERNATIVOS. 2018. 88 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1566
Data de defesa: 21-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação Vanessa Carvalho Pereira Ramos.pdfVanessa Carvalho Pereira Ramos2,81 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.