???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1556
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBatista, Solange Ferreira-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8502327711888277por
dc.contributor.advisor1Matos, Raquel Dorigan de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1242794030522878por
dc.date.accessioned2021-04-22T18:39:44Z-
dc.date.issued2018-10-25-
dc.identifier.citationBatista, Solange Ferreira. O TERRITÓRIO APA CANTÃO NO TOCANTINS E A POLÍTICA TERRITORIAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO RECONHECIMENTO. 2018. 105 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário - Mestrado Interdisciplinar) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava-PR.por
dc.identifier.urihttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1556-
dc.description.resumoA presente dissertação teve por objetivo analisar as práticas do Colegiado Territorial, sob a perspectiva da Teoria do Reconhecimento. Para isso utilizou-se das dimensões teóricas propostas por Nancy Fraser e José Henrique de Faria, nas categorias do reconhecimento econômico, social, político e emocional do conjunto do Colegiado do Território da APA Cantão do Estado do Tocantins. Para a efetivação da pesquisa, realizou-se estudo de campo com base metodológica qualitativa. A coleta dos dados foi realizada por meio de pesquisa documental no ano de 2016 a 2017 e entrevistas semiestruturadas no período de agosto a setembro de 2018, sendo analisadas com base na teoria social do discurso. Os resultados deste estudo revelam que o Colegiado Territorial favoreceu o reconhecimento aos sujeitos pertencentes ao Território APA Cantão, sob quatro categorias analisadas, mas que também levantam elementos que mostram a falta de reconhecimento da população em alguns casos bem pontuais. A pesquisa mostrou que com a criação do Colegiado pode ser observado avanços no que abrange a interação social entre os indivíduos, assim como a valorização das práticas culturais, seja na produção do artesanato, da agro industrialização artesanal e do agro extrativismo dos frutos do cerrado, atividades utilizadas para a geração de renda com a participação ativa do Comitê de Mulheres, despertando nestes sujeitos o sentimento de pertença e de identidade individual e coletiva. Tendo como objetivo, analisar as práticas do Colegiado Territorial, na perspectiva do reconhecimento, político, social e emocional dos sujeitos pertencentes ao território APA Cantão do Tocantins, este caminhou para mais além como no despertar consciente de cada sujeito em compreender-se e entender que são agentes de mudança da comunidade. Isso facilitou na participação paritária das discussões e resolução de problemas da população pelos representantes do Colegiado Territorial. Como um todo, pode-se expressar que o Colegiado é considerado um instrumento de base representativa de ordem coletiva de desenvolvimento comunitário, que alavancou avanços consideráveis no desenvolvimento social ao longo do território. Porém considera-se que em termos de reconhecimento e de participação há um longo processo de ainda está em construção, sendo necessário a ampliação dos sujeitos envolvidos, como a garantia da participação das populações que vivem em comunidades remotas, sendo esse é um processo recente e em construção e que o Colegiado ainda é marcado por diversas contradições a serem superadas.por
dc.description.abstractThe purpose of this dissertation was to analyze the practices of the Territorial Collegiate, from the perspective of the Theory of Recognition. The theoretical dimensions proposed by Nancy Fraser and José Henrique de Faria were used in the categories of economic, social, political and emotional recognition of the APA Cantão Territory Collegiate of the State of Tocantins. For the accomplishment of the research, a field study was carried out with qualitative methodological basis. Data collection was done through documentary research in the year 2016 to 2017 and semi-structured interviews from August to September 2018, being analyzed based on social discourse theory. The results of this study reveal that the Territorial Collegiate favored the recognition of the individuals belonging to the APA Cantão Territory, under four categories analyzed, but also raise elements that show the lack of recognition of the population in some very specific cases. The research showed that with the creation of the College can be observed advances in social interaction between individuals, as well as the valuation of cultural practices, whether in the production of handicrafts, artisanal agro-industrialization and agro extractivism of the fruits of the cerrado, activities used for the generation of income with the active participation of the Women Committee, awakening in these subjects the feeling of belonging and of individual and collective identity. With the objective of analyzing the practices of the Territorial Collegiate, in the perspective of the political, social and emotional recognition of the individuals belonging to the APA Cantão do Tocantins territory, this one went further than in the conscious awakening of each subject in understanding and understanding that are agents of community change. This facilitated the parity participation of the discussions and resolution of problems of the population by the representatives of the Territorial Collegiate. As a whole, it can be said that the Collegiate is considered a basic instrument representative of collective order of community development, which has leveraged considerable advances in social development throughout the territory. However, it is considered that in terms of recognition and participation there is a long process is still under construction, and it is necessary to expand the subjects involved, such as ensuring the participation of populations living in remote communities, and this is a recent and under construction and that the Collegiate is still marked by several contradictions to be overcome.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Fabiano Jucá (fjuca@unicentro.br) on 2021-04-22T18:39:44Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO SOLANGE FERREIRA BATISTA.pdf: 1190047 bytes, checksum: ef4517e21945b5f128a8401fb8f670da (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2021-04-22T18:39:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO SOLANGE FERREIRA BATISTA.pdf: 1190047 bytes, checksum: ef4517e21945b5f128a8401fb8f670da (MD5) Previous issue date: 2018-10-25eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/retrieve/6271/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20SOLANGE%20FERREIRA%20BATISTA.pdf.jpg*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/retrieve/6273/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20SOLANGE%20FERREIRA%20BATISTA.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Estadual do Centro-Oestepor
dc.publisher.departmentUnicentro::Departamento de Saúde de Iratipor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUNICENTROpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário (Mestrado Interdisciplinar)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTerritóriopor
dc.subjectReconhecimentopor
dc.subjectPolíticas Públicaspor
dc.subjectDesenvolvimentopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANASpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.titleO TERRITÓRIO APA CANTÃO NO TOCANTINS E A POLÍTICA TERRITORIAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO RECONHECIMENTOpor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO SOLANGE FERREIRA BATISTA.pdfSOLANGE FERREIRA BATISTA1,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.