???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1427
Tipo do documento: Dissertação
Título: AMADA, DE TONI MORRISON: UMA RELEITURA
Autor: SOUZA, ANA CAROLINA FONSECA DE 
Primeiro orientador: Rodrigues, Raquel Terezinha
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo propor uma releitura do romance Amada (1987), de Toni Morrison, à luz da leitura em camadas presente no livro Duas meninas (1997), de Roberto Schwarz. Sua perspectiva teórica prevê três leituras sucessivas; a primeira leitura, romanesca ou do enredo. Neste nível de leitura é possível detectar contradições tanto no estilo literário quanto na superfície do texto. A história de Sethe, uma escrava fugitiva, que, disposta a evitar que seus filhos voltem à escravidão, comete o infanticídio do bebê “já-engatinhando”. Esse bebê retorna como um fantasma que assombra a família e, mais tarde, retorna reencarnada em uma jovem mulher, cujo nome reflete as palavras na lápide do bebê, Amada. O enredo pede, então, uma leitura das entrelinhas, chegando à segunda interpretação, que corresponde às relações sociais, como se dão as situações de convivência em uma comunidade em que a maioria da população é negra; bem como o retorno ao passado, quando suas personagens recordam como eram as suas vidas na época de escravidão na fazenda “Doce Lar”, especialmente nas memórias de Sethe, Paul D e Baby Suggs. A terceira leitura interpreta Amada à contracorrente e analisa as relações de poder em uma sociedade escravagista antes da Guerra Civil dos Estados Unidos e, depois, em reconstrução com o término dessa guerra, a fim de desvendar as bases de uma sociedade racista.
Abstract: This research has as its aims to propose a rereading of Toni Morrison’s novel Amada (1987) in the light of the layers of reading present in the book “Duas meninas” (1997), by Roberto Schwarz. His theorethical perspective foresees three successives readings, the first one being a romanesque or plot reading. In this reading level is possible to detect contradictions both in theliterary style as in the surface of the text. Sethe’s story is about a runaway slave that willing to avoid her children to return to slavery, commits the baby “already crawling” infanticide. This baby returns as a ghost that haunts the family and later on, it comes back reencarnated as a Young woman whose name is the same as the one in the words writen in the gravestone, Amada. The plot asks for the reading to be deepened in the inbetween lines level, leading to the second reading which interprets the social aspects and the way the coexistence situations are in a community with majority of negroes; as well as, the return to each one's past when the characters remember how their lives were in the slavery times at “Sweet Home” farm, specially the memories of Sethe, Baby Suggs and Paul D. The third reading analyses Amada “in countercurrent” and it analyses the power relations in a slavery society before the United States Civil War and, later in reconstruction with the end of that war, in order to unravel de basis of a racist society.
Palavras-chave: Escravagismo
Racismo
Memória
Slavery
Racism
Memory
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Letras de Irati
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras (Mestrado)
Citação: SOUZA, ANA CAROLINA FONSECA DE. AMADA, DE TONI MORRISON: UMA RELEITURA. 2020. 92 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1427
Data de defesa: 28-Feb-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - ANA CAROLINA FONSECA DE SOUZA.pdfDissertação - Ana Carolina Fonseca De Souza1,57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.