???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1380
Tipo do documento: Dissertação
Título: CAPACIDADE GERMINATIVA E QUALIDADE DE MUDAS DE Jacaranda micrantha PROVENIENTES DE FRAGMENTOS URBANO, PERIURBANO E RURAL DA FLORESTA OMBRÓFILA MISTA
Autor: Sanson, Daniela 
Primeiro orientador: Bobrowski, Rogério
Primeiro coorientador: Peres, Fabiana Schmidt Bandeira
Segundo coorientador: Tambarussi, Evandro Vagner
Resumo: Este trabalho teve como objetivo obter informações sobre o processo germinativo e qualidade de mudas de Jacaranda micrantha produzidas com sementes provenientes de fragmentos florestais no gradiente urbano-rural. Dessa forma, o presente trabalho dividiuse em três partes, i) caracterização biométrica de frutos e sementes; ii) avaliação do potencial germinativo das sementes; iii) avaliação de qualidade das mudas. Para a avaliação do potencial germinativo das sementes foram testados diferentes fragmentos florestais (urbano, periurbano e rural), diferentes ambientes de germinação (BOD, casa de vegetação e casa de sombra), diferentes tempos de embebição das sementes (0, 12, 24, 48 horas) e diferentes intensidades de luz (5, 25, 50 e 100%). A avaliação da qualidade de mudas foi realizada comparando os três diferentes fragmentos florestais de coleta das sementes, por meio da avaliação de características como altura da parte aérea (H), diâmetro do coleto (DC), relação H/D, massa seca da parte aérea (MSPA) e massa seca de raiz (MSR). Os frutos e sementes de J. micrantha apresentaram variabilidade nas características biométricas entre os diferentes fragmentos florestais, observando-se as maiores médias para o fragmento periurbano. De maneira geral, a germinação foi iniciada no 10º dia após a instalação do teste e encerrada no 48º dia. O local de coleta das sementes influenciou no vigor delas, visto que as sementes coletadas em fragmentos urbanos demonstraram menor vigor quando comparadas com aquelas dos fragmentos periurbanos e rurais. A casa de vegetação foi o ambiente que proporcionou germinação mais uniforme das sementes, sendo este considerado o melhor ambiente para germinação da espécie. Foi possível constatar que as sementes de J. micrantha possuem bom potencial germinativo em menores intensidades de luz, porém, em intensidade muito baixa (5%) houve maior índice de plântulas anormais. O tempo de embebição em água por 12 horas mostrou-se eficiente para potencializar o processo de germinação das sementes. Em relação a qualidade de mudas, as sementes coletadas nos três fragmentos (urbano, periurbano e rural) demonstraram bom potencial para produção de mudas de qualidade de J. micrantha.
Abstract: This work aimed to obtain information about the germination process and quality of Jacaranda micrantha seedlings produced with seeds from forest fragments in the urban-rural gradient. Thus, we divided the present work into three parts, i) biometric characterization of fruits and seeds; (ii) evaluation of the potential of seed germination; iii) quality evaluation of seedlings. In order to evaluate the germination process potential, we tested seeds from different forest fragments (urban, periurban and rural), different germination environments (BOD, greenhouse and shade house), different time of imbibition (0, 12, 24, 48 hours) and different light intensities (5, 25, 50 and 100%). The evaluation of seedlings quality was carried out by comparing seeds from three different forest fragments by means of the evaluation of its characteristics as shoot height (H), collar diameter (DC), H / D ratio, above ground dry mass (MSPA) and root dry mass (MSR). Fruits and seeds of J. micrantha showed biometric variability among forest fragments, with the highest means for the periurban fragment. In general, the germination process started on the 10th day and finished on the 48th day. We observed a significant difference among seeds performance according to the forest fragment where we collected them. Seeds from the urban fragment showed the worst vigor when compared to seeds from the periurban and rural fragments. The greenhouse was the best environment because provided the best uniform germination for the species. We verified that the seeds of J. micrantha have good potential for germination in lower light intensities, but in very low intensity (5%) there was a higher number of abnormal seedlings. The 12 hours imbibition procedure was efficient to increase the process of germination, although there was no difference among treatments. Seeds collected in these three fragments (urban, periurban and rural) showed good potential for production of quality seedlings of J. micrantha.
Palavras-chave: caroba
fragmentação florestal
germinação de sementes
gradiente urbano-rural
mudas florestais
caroba
forest fragmentation
forest seedlings
rural to urban gradient
seeds germination
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Florestais
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais (Mestrado)
Citação: Sanson, Daniela. CAPACIDADE GERMINATIVA E QUALIDADE DE MUDAS DE Jacaranda micrantha PROVENIENTES DE FRAGMENTOS URBANO, PERIURBANO E RURAL DA FLORESTA OMBRÓFILA MISTA. 2019. 62 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Irati-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1380
Data de defesa: 26-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Daniela Sanson.pdfDaniela Sanson1,57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.