???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1317
Tipo do documento: Tese
Título: ADEQUABILIDADE, DIVERSIDADE GENÉTICA E ESPÉCIES ASSOCIADAS À Curitiba prismatica (D. Legrand) Salywon & Landrum
Autor: Silva, Richeliel Albert Rodrigues 
Primeiro orientador: Koehler, Henrique Soares
Segundo orientador: Watzlawick, Luciano Farinha
Primeiro coorientador: Tambarussi, Evandro Vagner
Segundo coorientador: Vieira, Fábio de Almeida
Resumo: Com as constantes alterações climáticas em conjunto com a intensificação da fragmentação na Floresta Ombrófila Mista (FOM), pesquisas têm sido demandadas para conhecer a autoecologia das espécies nativas. Neste sentido, o objetivo do presente estudo foi avaliar o nicho ecológico, a diversidade genética e as espécies associadas de Curitiba prismatica (murta), uma espécie endêmica da FOM. A modelagem de nicho foi realizada com base na associação entre os dados bioclimáticos e de ocorrência da espécie, considerando o tempo atual e a projeção futura, nos cenários otimista (RCP4.5) e pessimista (RCP8.5), no software MaxEnt. Para o estudo da diversidade genética foram amostrados indivíduos em duas populações sob Sistema Faxinal (Marmeleiro de Baixo e Barro Branco), no município de Rebouças, PR e outras duas em unidades de conservação (Flonas de Irati e Três Barras), localizadas em Fernandes Pinheiro, PR e Três Barras, SC, respectivamente. A avaliação das espécies associadas à Curitiba prismatica, considerando as espécies iniciais (pioneiras e secundárias iniciais) e tardias (secundárias finais e clímax) foi realizada nas áreas dos Faxinais, no município de Rebouças, PR. Na modelagem de nicho, a temperatura e precipitação foram as variáveis que mais contribuíram para a construção dos modelos. Em todos os períodos e cenários o valor obtido de AUC (Area Under the Curve) foi de 0,997. No cenário atual, a espécie tem uma área de adequabilidade restrita à FOM, com distribuição restrita ao Centro-Sul do Paraná e ao Norte de Santa Catarina. No cenário futuro, ocorreram reduções nas áreas adequadas para a espécie nos cenários otimista (RCP4.5) e pessimista (RCP8.5). Na análise da diversidade genética, foram utilizados oito marcadores ISSR (Inter Simple Sequence Repeat), que foram selecionados entre 30 marcadores, que resultaram em 67 locos polimórficos. A diversidade genética média dentro das populações foi de 80,54%. Os índices de diversidade genética de Shannon (I) e Nei (He) foram de 0,53 e 0,36, respectivamente. De acordo com a identidade genética de Nei, observa-se a formação de dois grupos, um constituído pelas populações do Sistema Faxinal e outro pelas populações nas unidades de conservação, que corroborou com a análise bayesiana da estrutura genética das populações, que indicou a existência de dois grupos genéticos distintos (K = 2). No levantamento das espécies associadas à C. prismatica, foram observados 210 indivíduos arbóreos, divididos em 16 famílias botânicas e 29 espécies, sendo as espécies mais associadas: Curitiba prismatica, Casearia obliqua, Casearia sylvestris, Cinnamodendron dinisii, Ocotea odorifera e Casearia decandra. O índice de diversidade florística de Shannon (H’) e dominância de Simpson (C), considerando todas as espécies associadas foi de 2,54 nats.ind-1 e 0,14 nats.ind-1 , respectivamente. Considerando os grupos ecológicos, foi observado maior valor de diversidade e menor dominância entre as espécies tardias (H’ = 2,13 nats.ind-1 e C = 0,15 nats.ind-1 ). De acordo com os índices de competição de BAL, Glover & Hool (IGH) e Hegyi, a competição sob a C. prismatica ocorre com maior intensidade nos indivíduos com DAP ≤ 25 cm. Com base nos resultados da análise de correlação de Pearson (rp) entre os índices de competição e os incrementos período anual em diâmetro para as espécies iniciais e tardias associadas à C. prismatica, pode-se verificar que não houve correlações significativas. Considerando a transição diamétrica entre as espécies associadas, entre as espécies iniciais, a maior probabilidade de transição existe na classe entre 70 - 80 cm. Em relação às espécies tardias, a probabilidade de transição é superior entre os indivíduos com DAP > 40 cm. O estudo contribui para melhorar a compreensão das características autoecológicas de C. prismatica, subsidiando o manejo e a conservação da espécie.
Abstract: With the constant climatic changes together with the intensification of fragmentation in the Mixed Ombrophilous Forest (MOF), researches have been demanded to know the autoecology of the native species. In this sense, the objective of the present study was to evaluate the ecological niche, the genetic diversity and the associated species of Curitiba prismatica (murta), an endemic species of MOF. The niche modeling was performed based on the association between the bioclimatic and species occurrence data, considering the current time and the future projection, in the optimistic (RCP4.5) and pessimistic (RCP8.5) scenarios, in the MaxEnt software. For the study of genetic diversity, individuals were sampled in two populations under the Faxinal System (Marmeleiro de Baixo and Barro Branco), in the municipality of Rebouças, PR and two others in conservation units (Flonas de Irati and Três Barras), located in Fernandes Pinheiro, PR and Três Barras, SC, respectively. The evaluation of the species associated with C. prismatica, considering the initial (pioneers and early secondary) and late (old secondary and climax), species was carried out in the areas of Faxinais, in the municipality of Rebouças, PR. In niche modeling, temperature and precipitation were the variables that most contributed to the construction of the models. In all periods and scenarios, the value obtained from AUC (Area Under the Curve) was 0.997. In the current scenario, the species has an area of suitability restricted to the FOM, with distribution limited to the Center-South of Paraná and the North of Santa Catarina. In the future scenario, there were reductions in areas suitable for the species in the optimistic (RCP4.5) and pessimistic (RCP8.5) scenarios. In the analysis of genetic diversity, eight ISSR markers (Inter Simple Sequence Repeat) were used, which were selected from 30 primers, which resulted in 67 polymorphic loci. The average genetic diversity within populations is 80.54%. The genetic diversity indexes of Shannon genetic diversity (I) and Nei (He) were 0.53 and 0.36, respectively. According to Nei's genetic identity, two groups are formed, one constituted by the populations of the Faxinal System and the other by the populations in the conservation units, which corroborated with the bayesiana analysis of the genetic structure of the populations, which indicated the existence of two distinct genetic groups (K = 2). In the survey of species associated with C. prismatica, 210 tree individuals were observed, divided into 16 botanical families and 29 species, the most associated species being: Curitiba prismatica, Casearia obliqua, Casearia sylvestris, Cinnamodendron dinisii, Ocotea odorifera and Casearia decandra. The Shannon diversity index (H') and Simpson dominance (C), considering all associated species, were 2.54 nats.ind-1 and 0.14, respectively. With higher diversity value and less dominance among late species (H' = 2.13 nats.ind-1 and C = 0.15 nats.ind-1 ). According to the competition rates of BAL, Glover & Hool (IGH) and Hegyi, competition under C. prismatica occurs with higher intensity in individuals with IGH ≤ 25 cm. Based on the results of Pearson's correlation analysis (rp) between competition indexes and annual period increments in diameter for the early and late species associated with C. prismatica, it can be seen that there were no significant correlations. Considering the diametric change between the related species, among the initial species, the highest probability of change exists in the class between 70 - 80 cm. Concerning late species, the probability of change is higher among individuals with IGH > 40 cm. The study contributes to improve the understanding of the autoecological characteristics of C. prismatica, supporting the management and conservation of the species.
Palavras-chave: Modelagem de nicho
conservação
autoecologia
Sistema Faxinal
manejo florestal
Niche modeling
conservation
autoecology
Faxinal System
forest management
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Florestais
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais (Doutorado)
Citação: Silva, Richeliel Albert Rodrigues. ADEQUABILIDADE, DIVERSIDADE GENÉTICA E ESPÉCIES ASSOCIADAS À Curitiba prismatica (D. Legrand) Salywon & Landrum. 2020. 66 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - Doutorado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Irati-PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1317
Data de defesa: 6-Mar-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais (Doutorado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Richiliel Albert Rodrigues Silva.pdfRicheliel Albert Rodrigues Silva1,86 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.