???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1311
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorEngel, Kauana-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0920959038419238por
dc.contributor.advisor1Koehler, Henrique Soares-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6197351546393048por
dc.contributor.advisor-co1Behling, Alexandre-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3861474565660261por
dc.contributor.advisor-co2Balbinot, Rafaelo-
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7862635734299980por
dc.date.accessioned2021-02-15T15:12:42Z-
dc.date.issued2020-02-20-
dc.identifier.citationEngel, Kauana. Efeito da classificação das árvores em grupos arquitetônicos na estimativa de biomassa florestal acima do solo. 2020. 80 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Irati - PR.por
dc.identifier.urihttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1311-
dc.description.resumoMuitas equações para estimar biomassa já foram desenvolvidas, no entanto, ainda não são suficientemente acuradas, constituindo desafios a cerca da eficiência dos métodos indiretos de obtenção desta variável. Alguns pesquisadores sugerem a inclusão de variáveis de copa nos modelos de regressão, devido a relevância deste componente na composição da biomassa total. Todavia sabe-se da complexidade associada a coleta em campo e inclusão dessas variáveis em modelos estatísticos. Este contexto instigou a seguinte questão de trabalho: “A alocação da biomassa acima do solo pode ser influenciada pelo padrão arquitetônico da copa das árvores?”. Nesta perspectiva, este estudo tem como objetivo verificar se a classificação das árvores em grupos arquitetônicos melhora a acurácia das estimativas de biomassa florestal acima do solo. Com os seguintes objetivos especificos: (i) verificar se há diferença entre os grupos em termos de arquitetura de copa; (ii) verificar se existe um padrão de comportamento de variáveis dendrométricas e alométricas nos grupos; (iii) ajustar modelos de regressão para biomassa florestal acima do solo por grupo arquitetônico. Para isto, foi realizada uma classificação arquitetônica de árvores provenientes de florestas nativas localizadas na região sul do Brasil, utilizando os seguintes critérios: a) simpodiais ou monopodiais; b) eixos das copas predominantemente ortotrópicos ou plagiotrópicos. Posteriormente fez-se uma estatística descritiva dos dados, em seguida uma MANOVA, análise discriminante e análise de agrupamento. Por fim, realizou-se o ajuste e avaliação estatística do desempenho de dois modelos de regressão. Os resultados obtidos permitiram concluir que: (i) as árvores simpodiais diferem das monopodiais em termos de arquitetura de copa; (ii) nas árvores simpodiais, não foi possível encontrar um padrão da distribuição da biomassa e nem da relação entre altura do ponto de inversão morfológico e comprimento de copa; (iii) as árvores monopodiais, apresentam um padrão de comportamento da distribuição da biomassa entre fuste e copa, e entre a altura do ponto de inversão morfológico e comprimento de copa principalmente nos indivíduos de maiores dimensões; (iv) as estimavas de biomassa são mais exatas quando realizadas separadamente entre simpodiais e monopodiais.por
dc.description.abstractMany equations for estimating biomass have already been developed, however , they are not yet sufficiently accurate, constituting challenges around the efficiency of indirect methods of obtaining this variable. Some researchers suggest the inclusion of canopy variables in the regression models, due to the relevance of this component in the composition of the total biomass. However, it is known and the complexity associated with field collection and inclusion of these variables in statistical models. This context prompted the following work question: "Is the allocation of biomass above ground influenced by the architectural pattern of the canopy of trees?”. In this perspective, this study aims to verify whether the classification of trees in architectural groups improves the accuracy of the above-ground forest biomass estimates. With the following specific objectives : (i) Check if there is a difference between the groups in terms of canopy architecture; (ii) Check if there is a pattern of behavior of the dendometric variables and the biomass variables in the groups; (iii) Fit regression models for above-ground forest biomass by architectural group. For this, an architectural classification of trees from native forests located in the south of Brazil was carried out, using the following criteria: a) sympodial or monopodial; b) crown axes predominantly orthotropic or plagiotropic. Subsequently, a descriptive statistic was made, followed by MANOVA, discriminant analysis and cluster analysis. Finally, fit and statistical evaluations of the performance of two regression models were performed. The results showed that: (i) the sympodial trees differ of monopodials in terms of canopy architecture; (ii) in the sympodial trees, it was not possible to find a pattern of the biomass distribution nor of the relation between height of the morphological inversion point and crown length; (iii) monopodial trees, show a pattern of behavior d the distribution of biomass between stem and crown, and between the height of the morphological inversion point and crown length in the largest individuals; (iv) biomass estimates are more accurate when carried out separately from and monopodials sympodial.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Fabiano Jucá (fjuca@unicentro.br) on 2021-02-15T15:12:42Z No. of bitstreams: 1 Kauana Engel.pdf: 2494265 bytes, checksum: 30cc699a45b961cd8c72be1bf66782ce (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2021-02-15T15:12:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Kauana Engel.pdf: 2494265 bytes, checksum: 30cc699a45b961cd8c72be1bf66782ce (MD5) Previous issue date: 2020-02-20eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/retrieve/4694/Kauana%20Engel.pdf.jpg*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.unicentro.br:8080/jspui/retrieve/4696/Kauana%20Engel.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Estadual do Centro-Oestepor
dc.publisher.departmentUnicentro::Departamento de Ciências Florestaispor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUNICENTROpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Florestais (Mestrado)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAlometria de árvorespor
dc.subjectBiomassa arbóreapor
dc.subjectArquitetura de árvorespor
dc.subjectProporção copa e fustepor
dc.subjectTree allometryeng
dc.subjectTree biomasseng
dc.subjectTree architectureeng
dc.subjectCrown and trunk proportioneng
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTALpor
dc.subject.cnpqRECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTALpor
dc.titleEfeito da classificação das árvores em grupos arquitetônicos na estimativa de biomassa florestal acima do solopor
dc.title.alternativeEffect of classification of trees in architectural groups on the estimation of forest biomass above groundeng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kauana Engel.pdfKauana Engel2,44 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.