???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1274
Tipo do documento: Dissertação
Título: ECOLOGIA DE Callithrix penicillata INTRODUZIDOS NA ILHA DE SANTA CATARINA: UM ESTUDO DE LONGO PRAZO
Autor: Gonzalez Carvajal, Juliett Maritza 
Primeiro orientador: Miranda, João Marcelo Deliberador
Resumo: Callithrix penicillata (Sagüi de tufos pretos) é um dos poucos primatas brasileiros que não se encontra ameaçado de extinção, devido à facilidade para viver em habitats e ambientes perturbados, razão pela qual se pode encontrar populações nas áreas de distribuição da espécie e em locais onde foi introduzida. É um primata endêmico do Brasil, com uma distribuição original no nordeste do Brasil, e introduzido em áreas do sudeste e do sul do Brasil. Habita principalmente vegetação de florestas semidecíduas, vegetação de floresta pluvial e florestas de galeria. Esta espécie apresenta a maior área de distribuição geográfica no gênero, ocorrendo em diferentes biomas: Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica. Os objetivos deste trabalho foram avaliar biologia populacional, identificar padrões de atividade, quantificar os ítens alimentares consumidos e analisar as áreas de vida de Callithrix penicillata, no Parque Ecológico do Córrego Grande (27°35’51.8”S; 48°30’41.7”W), na Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil. Este trabalho contou com informações prévias tomadas em três intervalos de tempo (2008-09; 2010-11; 2014-15) e com dados originais (2017-18). Os dados populacionais foram baseados na contagem dos indivíduos de cada grupo monitorado, bem como de suas classes etárias. Os padrões comportamentais foram avaliados mediante o método de varredura instantânea (instantaneous scan sampling), a área de vida se estimou pelos métodos do Mínimo Polígono Convexo (MPC), esquadrinhamento (ME) e Kernel 95%. Ao longo dos 10 anos de monitoramento, os grupos apresentaram em média 10,13 ± 3,19 indivíduos por grupo, sendo 5,52 ± 1,93 adultos, 1,31 ± 0,65 subadultos, 1,60 ± 0,56 jovens e 1,72 ± 0,99 infantes. O padrão comportamental mais frequente foi alimentação contando com 37,6 ± 6,5% dos registros, seguido por deslocamentos (32,5 ± 5,3%), inatividade (17,1 ± 5,2%) e comportamentos sociais (12,7 ± 3,6%). Os itens alimentares mais frequentes foram presas animais contando com 56,8 ± 16,7% dos registros, seguido por exsudatos (19,03 ± 6,07%), frutos (13,7 ± 10,1%) alimentação suplementar (9,2 ± 6,2%) e néctar (1,1 ± 1,8%). As áreas de vida apresentaram em média 5,3 ± 2,3 ha (ME), 6,7 ± 2,6 ha (MPC) e 6,8 ± 3,5ha (Kernel 95%). Ocorreram variações nas composições dos grupos ao longo dos dez anos de monitoramento, decorrentes de nascimentos, mortes, emigrações e desaparecimentos. Os valores dos registros encontrados para cada padrão de atividade nos dez anos de monitoramento não diferiram do que já foi reportado na literatura para as áreas de distribuição geográfica natural de Callithrix penicillata. Houve diferenças nas áreas de vida dos grupos ao longo dos dez anos de monitoramento, o qual poderia estar influenciado pelo padrão comportamental que realizaram com maior frequência.
Abstract: Callithrix penicillata (black tufted-ear marmoset) is one of the few Brazilian primates that is not threatened with extinction, due to the ease of living in disturbed habitats and environments, which is why populations can be found in the distribution areas of the species and in places where was introduced. It is an endemic primate of Brazil, with an original distribution in the north-east of Brazil, and introduced in areas of the south-east and south of Brazil. It mainly inhabits semi-deciduous forest vegetation, rainforest vegetation and gallery forests. This species presents the largest geographical distribution area in the genus, occurring in different biomes: Caatinga, Cerrado and Atlantic Forest. The objectives of this work were to evaluate population biology, identify activity patterns, quantify the food items consumed and analyze the life areas of Callithrix penicillata in the Córrego Grande Ecological Park (27°35’51.8”S; 48°30’41.7”W), on the Island of Santa Catarina, southern Brazil. This work had previous information taken in three time intervals (2008-09; 2010-11; 2014-15) and with original data (2017-18). Population data were based on the counts of individuals in each monitored group as well as their age groups. The behavioral patterns were evaluated by means of the instantaneous scan sampling, the area of life was estimated by the Minimum Convex Polygon (MPC), grid method (ME) and 95% Kernel methods. Over the 10 years of monitoring, the groups presented a mean of 10.13 ± 3.19 individuals per group, being 5.52 ± 1.93 adults, 1.31 ± 0.65 subadults, 1.60 ± 0.56 young and 1.72 ± 0.99 infants. The most frequent behavioral pattern was feeding with 37.6 ± 6.5% of the records, followed by displacements (32.5 ± 5.3%), inactivity (17.1 ± 5.2%) and social behaviors (12 , 7 ± 3.6%). The most frequent food items were prey animals with 56.8 ± 16.7% of the records, followed by exudates (19.03 ± 6.07%), fruits (13.7 ± 10.1%) supplementary feeding (9 , 2 ± 6.2%) and nectar (1.1 ± 1.8%). The home range presented an average of 5.3 ± 2.3 ha (ME), 6.7 ± 2.6 ha (MPC) and 6.8 ± 3.5ha (Kernel 95%). Variations in the composition of the groups occurred during the ten years of monitoring, due to births, deaths, emigrations and disappearances. The values of the records found for each pattern of activity in the 10 years of monitoring, did not differ from what has been reported in the literature, for the areas of natural geographic distribution of Callithrix penicillata. There were differences in the living areas of the groups over the ten years of monitoring, which could be influenced by the behavioral pattern they performed more frequently.
Palavras-chave: Área de vida
Primata
Padrões comportamentais
Espécie invasora
Dieta
Home range
Primate
Activity patterns
Invasive species
Diet
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Biologia
Unicentro::Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva (Mestrado)
Citação: Gonzalez Carvajal, Juliett Maritza. ECOLOGIA DE Callithrix penicillata INTRODUZIDOS NA ILHA DE SANTA CATARINA: UM ESTUDO DE LONGO PRAZO. 2019. 69 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1274
Data de defesa: 18-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Juliett Maritza González Carvajal.pdfDissertação - Juliett Maritza González Carvajal2,85 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.