???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1264
Tipo do documento: Dissertação
Título: MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA ESPORODERME DOS GRÃOS DE PÓLEN DE ESPÉCIES SUL-AMERICANAS DE PASSIFLORA L. (PASSIFLORACEAE)
Autor: Richardo, Jaiana 
Primeiro orientador: Silvério, Adriano
Resumo: A Palinologia é um método excelente para várias áreas da Biologia. Passifloraceae é muito interessante, uma vez que apresenta uma grande variabilidade de características polínicas, a maioria ainda pouco explorada. No Brasil, poucos estudos abordam a palinologia e o estudo da estrutura da esporoderme dos grãos de pólen, os quais podem preencher lacunas existentes. O gênero estudado, Passiflora, possui quatro subgêneros, dos quais Passiflora, Astrophea e Decaloba foram estudados neste trabalho. Suas variações polínicas foram profundamente estudadas, com o objetivo de descrever a estrutura morfológica e histoquímica da esporoderme de Passifloras que ocorrem na América do Sul, buscando fornecer ferramentas adicionais para a filogenia da família. Além de inferir tendências evolutivas, descrevemos o número de aberturas, tipo, reticulo e variações de morfologia, além de variações da esporoderme e relacionamos com possíveis tendências evolutivas para o grupo. O material analisado é proveniente de coleções no Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Pará e Colômbia. Foram analisados 18 espécies do gênero, contando com 13 do subgênero Passiflora, 3 Decaloba e 2 Astrophea. Os botões em pré antese foram armazenados em fixador FAA 50% e testes histoquímicos foram realizados seguindo o protocolo de Johansen (1940) e acetólise. Foram realizadas análises Boxplot, para representar a variação do tamanho dos grãos de pólen através do Software R x64 versão 3.3.0 e para análises de agrupamento das características, foi utilizado o Programa Mesquite 3.40 (build 877). O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Botânica Estrutural da Universidade Estadual do Centro-Oeste. Como resultado, os grãos de pólen não escaparam dos padrões propostos na literatura, salvo exceções. As espécies do subgênero Passiflora possuem colpos fusionados, variando de 6 a 12-colpos, com exina reticulada tipo 2. As espécies do subgênero Astrophea apresentaram colporos e as espécies de Decaloba variaram no tipo de aberturas. Quanto à histoquímica da esporoderme o subgênero Passiflora apresentou intina espessa, endexina fina e ausência de camada basal. Enquanto os outros dois subgêneros apresentaram intina fina, com endexina espessa e presença de camada basal, entre outras características que variam tanto a nível de espécie quanto de subgênero. O tamanho do grão de pólen pareceu estar relacionado à espessura da intina, e consequentemente relacionado com possíveis polinizadores. Através da análise de agrupamento reforçamos a afinidade das espécies para seus respectivos subgêneros. Como conclusão, a análise conjunta da ultraestrutura do esporoderme e a morfologia externa foram úteis em uma interpretação quase completa das variações que ocorrem no gênero, dando-nos informações de que o subgênero Passiflora é derivado em relação aos outros dois estudados. Além disso, o presente trabalho levanta novas hipóteses que podem contribuir para futuras análises filogenéticas dentro do grupo.
Abstract: The Palynology is an excellent method for several areas in Biology. Passifloraceae is very interesting, since it shows a great variability of pollen characteristics, mostly very unsuficciently explored. In Brazil, few studies use palynology and the study of the sporoderm structure in pollen grain, which could fills existing gaps. The studied genus, Passiflora, has four subgenres, from which Passiflora, Astrophea and Decaloba were studied in this work. Their pollen variations were deeply studied, with the objective of describing the morphological and histochemical structure of the sporoderm of Passiflora occurring in South America, trying to supply additional tools for the family's phylogeny. We inferred evolutive trends, and also described number of apertures, type, reticle and variations in morphology, in addition to variations of the sporoderm and we related them with possible evolutive tendencies for the group. The analyzed samples came from collections on Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Pará and Colombia. Eighteen species of the genus were analyzed, with 13 from de subgenre Passiflora, 3 Decaloba and 2 Astrophea. The buttons before anthesis were stored in FAA fixative 50% and histochemical tests were performed following the Johansen (1940) protocol and acetolysis. Boxplot analysis were performed to represent the variation of size in the pollen grains through R x64 Software version 3.3.0 and for cluster analysis the program Mesquite 3.40 (build 877) was used. The work was developed in the Laboratório de Botânica Estrutural from Universidde Estadual do Centro-Oeste. As a result, the grains didn't fall far from the patterns from literarute, with some exceptions. The species of the subgenre Passiflora have fused colpo, varying from 6 to 12, with reticulated exine of type 2. The species from the subgenre Astrophea presented colpores and the species of Decaloba varied in the type of apertures. For the histochemistry of the sporoderm, the subgenre Passiflora showed thick intine, thin endexine and abscence of the basal layer, among other characteristics that varied according to species or level of subgenre. The size of the pollen grain seemed to be related to the thickness of the intine, and consequently related to possible pollinators. Through the cluster analysis, we stress the affinity of species with its subgenres. As a conclusion, the joined analysis of the ultrastructure of the sporoderm and the external morphology were useful for an almost complete interpretation of the variations that ocurr in the genus, giving us information that the subgenre Passiflora is derivative in relation to the other two. Besides, the present work has raised some hypothesis that may contribute to future phylogenetic analysis inside the group.
Palavras-chave: Esporoderme
polinização
palinologia
Sporoderm
pollination
palynology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Biologia
Unicentro::Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva (Mestrado)
Citação: Richardo, Jaiana. MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA ESPORODERME DOS GRÃOS DE PÓLEN DE ESPÉCIES SUL-AMERICANAS DE PASSIFLORA L. (PASSIFLORACEAE). 2018. 62 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1264
Data de defesa: 7-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Jaiana Richardo.pdfDissertação - Jaiana Richardo2,24 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.