???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1232
Tipo do documento: Dissertação
Título: ESTRATÉGIAS E PRÁTICAS DE GESTÃO ORIENTADAS À SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO
Título(s) alternativo(s): Management Strategies and practices, oriented towards organizational sustainability: a case study in a credit cooperative
Autor: Penteado, Tatiane Aparecida 
Primeiro orientador: Costa, Zoraide da Fonseca
Primeiro coorientador: Stefano, Sílvio Roberto
Resumo: O desenvolvimento econômico, social e ambiental traz reflexos para a sociedade e organizações, criando novas exigências e condicionantes para a atividade das cooperativas. Cada vez mais, a competitividade das organizações está voltada a uma gestão orientada para a sustentabilidade, que agregue a preservação ambiental e ações social e responsáveis além do crescimento econômico. O mundo corporativo tem um papel essencial para garantir a preservação do meio ambiente e na definição da qualidade de vida das comunidades de seus funcionários. Instituições socialmente responsáveis são geradoras de valor para quem está próximo. Com isso conquistam resultados melhores para si próprias. Sendo assim, levanta-se a seguinte questão de pesquisa: Quais as relações existentes em uma cooperativa de crédito rural entre as ações estratégicas e as práticas de gestão dos gestores e colaboradores nas dimensões econômica, social e ambiental da sustentabilidade? A partir desse questionamento se estabelece o objetivo principal do estudo que procura analisar as relações entre as ações estratégicas de uma cooperativa de crédito rural e as práticas de gestão nas dimensões econômicas, sociais e ambientais da sustentabilidade, objetivando identificar e descrever as práticas de sustentabilidade existentes na Cooperativa de crédito e levantar a amplitude com que as intenções estratégicas e as práticas de gestão, relacionadas às dimensões econômicas, sociais e ambientais da sustentabilidade, são apropriadas pela Cooperativa de Crédito Rural. Assim, foram verificados os construtos intenção estratégica e das práticas de gestão em relação às dimensões econômica, social e ambiental da sustentabilidade organizacional. O referencial teórico do estudo foi constituído de forma a subsidiar o conhecimento dos conceitos de estratégia como prática e as dimensões da sustentabilidade. O estudo desenvolvese em um processo de natureza descritiva e analítica. Para averiguar as relações entre os construtos, foram coletados dados por meio de levantamento (survey) junto a colaboradores das 11 agências que fazem parte da Cooperativa Cresol Vale das Araucárias e 2 entrevistas realizadas com os gestores da cooperativa. O tratamento estatístico dos dados obtidos junto a cooperativas da amostra foi realizado com o uso do software SPSS. Empregou-se técnicas de estatística descritiva, e correlação. Os principais resultados obtidos no estudo indicam relação positiva entre os construtos, estratégicas e práticas de gestão em todas as dimensões da sustentabilidade, sendo mais forte na dimensão social e econômica. Quanto às variáveis intervenientes consideradas, perfil, porte, idade e localização, foi possível identificar que elas exercem diferentes influências nas relações entre os construtos. Por meio das análises de conteúdo com realização das entrevistas foi possível identificar estratégias e algumas práticas de sustentabilidade, assim como identificar o processo de criação das estratégias na cooperativa.
Abstract: The economic, social and environmental development brings reflections to society and organizations, creating new demands and constraints to the activity of cooperatives. Increasingly, the competitiveness of organizations is focused on an oriented management towards sustainability, which aggregates environmental preservation and social and responsible actions, besides the economic growth. The corporate world has an essential role to guarantee the preservation of the environment and in the definition of life quality in its employees’ communities. Socially responsible companies are generators of value for those who are nearby. With this, they achieve better results to themselves. Therefore, the following issue of the research is arisen: what are the existing relations in a rural credit cooperative among the strategic actions and the management practices of the managers and workers in the economic, social and environmental dimensions of sustainability? From this questioning, the main objective of the study is established, which seeks to analyze the relations among the strategic actions of a rural credit cooperative and the management practices in the economic, social and environmental dimensions of sustainability, aiming at identifying and describing the existing sustainability practices in the credit cooperative and finding out the range in which the strategic intentions and management practices, related to economic, social and environmental dimensions of sustainability, are appropriated to the Rural Credit Cooperative. Thus, the constructs of strategic intention and management practices related to economic, social and environmental dimensions of organizational sustainability were examined. The theoretical framework of this study was constituted as to subsidize the knowledge about strategy concepts such as practice and the dimensions of sustainability. This study was developed in the process of descriptive and analytical nature. To investigate the relations among the constructs, a data collection was carried out through survey data from 11 agencies which belong to Cresol Vale das Araucárias Cooperative and 2 interviews with the cooperative managers. The statistical treatment of the data of the sample, obtained from the cooperatives, was carried out by using the software SPSS. Techniques such as descriptive statistics and correlation were used. The main results achieved in the study indicate positive relation among the constructs, management strategy and practice in all the dimensions of sustainability, being stronger in the social and economic dimensions. Regarding the intervening variables discussed namely profile, size, age and location, it was possible to identify that they perform different influences in the relation with the constructs. Through content analysis from the interviews, it was possible to identify strategies and some sustainability practices, as well as to identify the creation process of strategies in the cooperative.
Palavras-chave: Triple Bottom Line
Cresol
Gestão Sustentável
Ações estratégicas
Organizational Sustainability
Strategy as practice
Management practices
Strategic actions
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Ciências Sociais Aplicadas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado Profissional)
Citação: Penteado, Tatiane Aparecida. ESTRATÉGIAS E PRÁTICAS DE GESTÃO ORIENTADAS À SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO. 2019. 108 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Administração - Mestrado Profissional) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1232
Data de defesa: 18-Jun-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TATIANE APARECIDA PENTEADO.pdfTATIANE APARECIDA PENTEADO1,68 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.