???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1219
Tipo do documento: Dissertação
Título: DISCURSO, CORPO E PODER: A OBJETIVAÇÃO/SUBJETIVAÇÃO DO SUJEITO HELEN KELLER SOB A PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DISCURSIVOS FOUCAULTIANOS
Autor: Quadros, Suellen Fernanda de 
Primeiro orientador: Witzel, Denise Gabriel
Resumo: Neste trabalho, propomo-nos realizar uma análise de enunciados – verbais e verbo-visuais - que transformaram discursivamente o sujeito Helen Adams Keller, uma mulher norte-americana surdocega, pautando-nos nos Estudos Discursivos Foucaultianos, mais precisamente nas formulações da arquegenealogia de Michel Foucault. Dessa forma, traçamos um caminho teórico-analítico em torno dos processos de subjetivação daquela filósofa, escritora, conferencista e ativista social, para decifrarmos as relações de poder-saber, de dominação e de luta dentro das quais os discursos se estabelecem, funcionam e produzem sujeitos. Keller conseguiu reinventar sua forma de comunicação e de percepção do mundo, alcançando honrarias por sua participação ativa na luta pelos direitos das pessoas com deficiências e das mulheres. Ela e sua professora Anne Sullivan (principal responsável pelo seu desempenho) percorreram o mundo inscrevendo-se em discursos outrora restritos a algumas posições-sujeitos, principalmente a um sujeito mulher-surdocega. Nosso corpus analítico é constituído de enunciados materializados no filme O Milagre de Anne Sullivan (1962) e na autobiografia A história da minha vida (2008); as obras escolhidas retratam a biografia de Keller. O filme dá a ver mais especificamente uma parte de sua infância, narrativizada a partir do olhar/interpretação do outro; e o livro retrata, além de sua infância, a vida adulta por meio de uma escrita de si. Na regularidade dos enunciados, demonstramos como se consolida a intrínseca relação entre poder e resistência que incide sobre o corpo, notadamente seus gestos, suas atitudes, de modo a reinventar a história de uma pessoa que, por ser surda e cega, estaria fadada a viver no isolamento imposto por uma quase total falta de comunicação. Como e por que ela se tornou tão célebre? Quais discursos, segundo o corpus analisado, contribuíram para que ela se tornasse uma das figuras mais importantes nos trabalhos de militância em favor das pessoas com deficiência? Para responder a esses questionamentos, contextualizamos historicamente a posição-sujeito de Keller, analisando as práticas discursivas e nãodiscursivas que contribuíram nos processos de objetivação/subjetivação, destacando (i) as condutas e contracondutas constitutivas do momento da aquisição da linguagem e, posteriormente, (ii) as práticas de militância, resistência e liberdade, segundo uma escrita de si, que possibilitaram que ela saísse da condição de “selvagem” para uma relação de docilidade-utilidade, influenciando o mundo por meio de seus discursos registrados em artigos e livros de sua autoria.
Abstract: In this work, we propose an analysis of statements - verbal and verbal-visual - that have discursively transformed the subject Helen Adams Keller, a North American deafblind woman, based on the Foucauldian Discursive Studies, more precisely in the formulations of Michel Foucault's archegenealogy. Thus, we draw a theoretical-analytical path around the processes of subjectivation of that philosopher, writer, lecturer and social activist, to decipher the relations of power-knowledge, domination and struggle within which discourses are established, function and produce subjects. Keller managed to reinvent his way of communicating and perceiving the world, achieving honors for his active participation in the struggle for the rights of people with disabilities and women. She and her teacher Anne Sullivan (the principal responsible for her performance) traveled the world by subscribing to discourses once restricted to some subject-positions, especially to a deafblind subject. Our analytical corpus consists of statements materialized in the film The Miracle of Anne Sullivan (1962) and in the autobiography The Story of My Life (2008); the chosen works depict the biography of Keller. The film gives more specifically to a part of his childhood, narrativized from the other's point of view / interpretation; and the book portrays, in addition to her childhood, her adult life through self-writing. In the regularity of the statements, we demonstrate how the intrinsic relation between power and resistance that focuses on the body, especially her gestures and attitudes, is consolidated in order to reinvent the history of a person who, being deaf and blind, would be doomed to live in the isolation imposed by an almost complete lack of communication. How and why did she become so famous? Which discourses, according to the corpus analyzed, contributed to her becoming one of the most important figures in the work of militancy in favor of people with disabilities? In order to answer these questions, we contextualize Keller's subject-position historically, analyzing the discursive and non-discursive practices that contributed to the objectivation / subjectivation processes, highlighting (i) the conducts and counter-conducts constitutive of the moment of language acquisition and, later , (ii) the practices of militancy, resistance and freedom, according to a writing of self, that enabled it to move from the condition of "savage" to a docility-utility relation, influencing the world through her discourses recorded in articles and books of her own.
Palavras-chave: Discurso
Helen Keller
Foucault
inclusão
corpo deficiente
Discourse;
Helen Keller
Foucault
Inclusion
Disabled body
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual do Centro-Oeste
Sigla da instituição: UNICENTRO
Departamento: Unicentro::Departamento de Letras de Irati
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras (Mestrado)
Citação: Quadros, Suellen Fernanda de. DISCURSO, CORPO E PODER: A OBJETIVAÇÃO/SUBJETIVAÇÃO DO SUJEITO HELEN KELLER SOB A PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DISCURSIVOS FOUCAULTIANOS. 2019. 115 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unicentro.br:8080/jspui/handle/jspui/1219
Data de defesa: 12-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SUELLEN FERNANDA DE QUADROS SOARES.pdfSUELLEN FERNANDA DE QUADROS SOARES2,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.